Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de um sistema de acoplamento para parafusos de interferência na cirurgia ligamentar do joelho: ensaios biomecânicos e aplicação clínica (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: BONAVIDES JUNIOR, ALOISIO FERNANDES - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: JOELHO; BIOMATERIAIS (DESENVOLVIMENTO); CIRURGIA ORTOPÉDICA
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho teve como objetivo apresentar o desenvolvimento de um sistema de acoplamento solidário entre parafuso de interferência e chave de inserção para cirurgias ligamentares do joelho. Foi buscada a validação deste desenvolvimento em um estudo biomecânico e clínico. O novo sistema, denominado FMRP, é constituído por três componentes sendo eles: uma chave em T, um elemento de interfixação e um parafuso modificado de tal forma que sua cabeçatem o formato de um hexágono externo, com rosca interna à esquerda, para permitir a conexão solidária da chave. Ensaios biomecânicos de arrancamento realizados em madeira e em osso bovino compararam o sistema FMRP a um sistema bastante utilizado na prática clínica (Acufex®). Ensaios biomecânicos de torção avaliaram a inserção dos parafusos em osso bovino e a força máxima de torção à qual resistiram os parafusos. Testes estatísticos de Mann-Whitney foram aplicados aos resultados obtidos e a análise dos dados procedida pelo software SPSS versão 15.0. Estudo clínico foi planejado para avaliar se as vantagens teóricas atribuídas ao novo sistema se confirmariam na prática. Neste estudo, 101 pacientes foram submetidos à reconstrução do ligamento cruzado anterior por artroscopia, operados exclusivamente pelo autor desta tese, em caráter prospectivo, seguindo critérios pré-determinados de inclusão e exclusão. 84 pacientes se tornaram aptos a participar deste estudo, por preencherem todos os critériosde seleção. Todos eles foram acompanhados por um período mínimo de dois anos de pós-operatório e avaliados pelo autor da tese, utilizando os protocolos de avaliação funcional IKDC e Lysholm. Nos resultados dos ensaios de arrancamento na madeira, considerando p’< OU =’0,05, não houve diferença significativa entre os parafusos do estudo e os parafusos controle no tocante à força máxima de arrancamento, rigidez e energia. Nos ensaios de arrancamento em bovinos, considerando p’< OU =’0,05, houve diferença significativa, com valores superiores para o parafuso controle em relação ao parafuso do estudo nos seguintes parâmetros: força máxima de arrancamento (p=0,04), deformação máxima (p=0,001) e energia (p=0,008). Não houve diferença significativa quanto à rigidez (p=0,11). Não houve diferença significativa nos valores médios do torque máximo de inserção entre os dois tipos de parafusos (p=0,12). O torque de inserção apresentou correlação alta com a força máxima de arrancamento nos parafusos do estudo ensaiados (r=0,86 e p=0,001). Nos ensaios de torção avaliamos 2 grupos: os do estudo e os parafusos controle. Considerando p’< OU =’0,05, o grupo de parafuso do estudo não diferiu significativamente dos grupos de parafuso controle, tanto para deformidade angular quanto para torque máximo. O comportamento mecânico do parafuso de interferência do estudo foi similar ao parafuso de interferência controle nos ensaios dearrancamento na madeira e nos ensaios de torção, mas variou nos ensaios de arrancamento nos bovinos. Não houve diferença significativa entre valores do torque máximo de inserção entre as duas marcas de parafuso avaliadas. Na avaliação clínica com os parafusos do estudo obtivemos, no seguimento de dois anos ou mais, os seguintes resultados: valor médio de Lysholm igual a 96,64, e 95,2% dos pacientes operados apresentaram resultados normais e subnormais no IKDC. Em quatro pacientes houve quebra por fadiga no sistema, sendo uma na chave e três no elemento de interfixação no momento da fixação do enxerto no fêmur. Concluiu-se que os valores altos encontrados na avaliação biomecânica para os parafusos do estudo ofereceram confiabilidade para aplicação na prática cirúrgica. Não houve influência da quebra do material ou outras complicações nos escores do IKDC e Lysholm. O parafuso concebido permitiu fixação segura. O instrumental foi adequado para evitar a perda de parafuso na articulação em todos os pacientes da série
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.11.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BONAVIDES JÚNIOR, Aloísio Fernandes; KFURI JÚNIOR, Maurício. Desenvolvimento de um sistema de acoplamento para parafusos de interferência na cirurgia ligamentar do joelho: ensaios biomecânicos e aplicação clínica. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Bonavides Júnior, A. F., & Kfuri Júnior, M. (2009). Desenvolvimento de um sistema de acoplamento para parafusos de interferência na cirurgia ligamentar do joelho: ensaios biomecânicos e aplicação clínica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bonavides Júnior AF, Kfuri Júnior M. Desenvolvimento de um sistema de acoplamento para parafusos de interferência na cirurgia ligamentar do joelho: ensaios biomecânicos e aplicação clínica. 2009 ;
    • Vancouver

      Bonavides Júnior AF, Kfuri Júnior M. Desenvolvimento de um sistema de acoplamento para parafusos de interferência na cirurgia ligamentar do joelho: ensaios biomecânicos e aplicação clínica. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021