Exportar registro bibliográfico

Do squiggle da consulta terapêutica ao desenho coletivo na intervenção institucional (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: PINO, MARIA ANTONIETA PEZO DEL - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PST
  • Subjects: PSICANÁLISE DE GRUPO; CONSULTA TERAPÊUTICA; OBJETOS TRANSICIONAIS; DESENHO; ASSOCIAÇÃO LIVRE
  • Language: Português
  • Abstract: O desenho coletivo é utilizado como objeto mediador da intervenção institucional, de maneira semelhante ao squiggle game da consulta terapêutica, o desenho produzido pelo grupo facilita a comunicação entre os membros, promove associações livres verbais e gráficas, apresenta fantasmas, desejos e medos, comuns e compartilhados; informa sobre aspectos individuais e da instituição na associação discursiva e na produção pictográfica. A hipótese norteadora é que o desenho coletivo quando usado em um contexto de intervenção institucional, seja de diagnostico ou de tratamento, é um objeto mediador do diálogo no grupo. Devido ao acesso à representação e projeção de conteúdos inconscientes, o desenho manifesta conteúdos recalcados, aparentemente desconhecidos. Apresenta-se um histórico do desenho como linguagem nos primórdios da humanidade e a utilização e reflexão desde a medicina, pedagogia e psicologia. Valorizado para conhecer a alma infantil, posteriormente à psicanálise considera-o substituto da associação livre. Freud não aprofunda sobre o desenho como recurso terapêutico, mas mostra como usar o método psicanalítico na presença da imagem. De maneira semelhante ao sonho analisa o que se reitera, se condensa e desloca na imagem pictográfica. O primeiro desenho produzido no contexto vincular é descrito na Analise de uma fobia de uma criança de 5 anos, quando, da mesma maneira como Winnicott faz na brincadeira do squigglel game, Hans o pequeno paciente- introduz um traço paracompletar a idéia que deseja transmitir a respeito do tamanho do pênis da girafa. Na psicanálise de crianças, Winnicott e Dolto mostram caminhos para usar o desenho no processo terapêutico. Em contextos vinculares, poucos autores empregam o desenho no grupo como um recurso mediador do diálogo e do trabalho psicanalítico. Apresentam-se as contribuições teóricas para a psicanálise de grupo e instituição ) de autores como J. Bleger, E. Pichon Rivière, D. Anzieu e René Kaës. Identifica-se que no desenho é figurada a queixa, o inédito; detectam-se o aparecimento de traços, formas que enunciam e denunciam aspectos a serem destacados, trabalhados e elaborados pelo grupo no primeiro encontro. Um dos grupos apresentados era uma instituição que vivia várias queixas entre elas a equipe dividida, no encontro enquanto desenham surge uma ponte que une o que estava separado por um grande tronco: a equipe técnica da instituição de um lado e de outro o grupo de crianças e seus cuidadores. Outro caso descreve a intervenção da equipe de manutenção de uma empresa, que desenha um campo de futebol e no meio uma caveira, simbolizando o perigo de morte; o diálogo com os membros remete ao medo a serem demitidos. Os desenhos coletivos permitem que o psicólogo conduza e aborde, com facilidade, aspectos silenciados a partir de apontamentos de aspectos díspares, estranhos, repetitivos.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.06.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEZO DEL PINO, Maria Antonieta; FERNANDES, Maria Inês Assumpção. Do squiggle da consulta terapêutica ao desenho coletivo na intervenção institucional. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-11122009-111235/ >.
    • APA

      Pezo Del Pino, M. A., & Fernandes, M. I. A. (2009). Do squiggle da consulta terapêutica ao desenho coletivo na intervenção institucional. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-11122009-111235/
    • NLM

      Pezo Del Pino MA, Fernandes MIA. Do squiggle da consulta terapêutica ao desenho coletivo na intervenção institucional [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-11122009-111235/
    • Vancouver

      Pezo Del Pino MA, Fernandes MIA. Do squiggle da consulta terapêutica ao desenho coletivo na intervenção institucional [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47134/tde-11122009-111235/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021