Exportar registro bibliográfico

Resistência e genotipagem: enfoque para o cuidado de enfermagem a portadores do HIV-1 (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: BARONI, ISABELA CAROLINA GALLI - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: DOENÇAS INFECCIOSAS; RESISTÊNCIA; ENFRENTAMENTO
  • Language: Português
  • Abstract: A introdução da terapia antirretroviral (TARV) conseguiu modificar a infecção pelo HIV de uma doença fatal para uma doença crônica, além de causar um enorme impacto na história de sua evolução e prognóstico, incluindo aumento da sobrevida, melhoria da qualidade de vida e redução dos episódios mórbidos. Por outro lado, a ocorrência de eventos adversos influencia de maneira negativa a adesão ao tratamento e muitos pacientes desenvolvem um certo grau de resistência as drogas, cujo resultado influi negativamente na qualidade de vida das pessoas vivendo com HIV/aids. Assim, a detecção da resistência viral ao tratamento medicamentoso é uma importante ferramenta de assistência. A detecção da resistência viral tem sido realizada através do exame de genotipagem, que tem como objetivo pesquisar o padrão de mutações responsáveis pela falha terapêutica de causa viral e inferir o perfil de resistência. Esse teste é utilizado para detectar a magnitude da resistência viral aos medicamentos, direcionando a escolha do novo esquema terapêutico e pennitindo selecionar a droga mais eficaz. Este estudo teve como objetivo descrever os aspectos relacionados ao tratamento medicamentoso, a resistência aos anti-retrovirais e o exame de genotipagem em pacientes portadores do HIV-1. Trata-se de um estudo não experimental, descritivo, longitudinal e prospectivo com a participação inicial de 25 sujeitos em seguimento no ambulatório da Unidade Especial de Tratamento de DoençasInfecto-contagiosas (UETDI) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Neste estudo optou-se pela utilização de entrevista semi-estruturada para coleta de dados. Resultados revelaram que a troca medicamentosa empírica, ou seja, sem o direcionamento pelo exame de genotipagem é muito freqüente, levando a falência medicamentosa e a redução de futuras opções para o resgate terapêutico. Comparando grupos de pacientes que fizeram a troca medicamentosa direcionada ou não pela genotipagem, observamos a redução significativa de carga viral em pacientes que nunca tiveram trocas empíricas (p=0,0001). Já, pacientes com mais de três trocas empíricas apresentaram aumento significativamente maior da carga viral (p=0,0001). Pacientes com seis anos ou mais utilizando a TARV apresentaram aumento significativo da carga viral e redução de células 'TCD4 POT. +' (p=0,0001). Os pacientes que apresentaram falha virológica a todos os medicamentos disponíveis são os que mais realizaram trocas medicamentosas sem a realização do exame da genotipagem. Embora existam muitas razões para falência terapêutica, a adesão assume importância crucial diante da perspectiva de uma vida com qualidade. A aceitação da condição de ser portador do HIV/aids influencia o enfrentamento e o comprometimento com a adesão ao tratamento, sendo um grande desafio a ser enfrentado. É neste cenário complexo que emerge a participação da enfermagem,desde a revelação e as orientações em relação ao diagnóstico, as mudanças necessárias nos hábitos diários até a orientação sobre a medicação, seus eventos adversos e a necessidade da adesão ao tratamento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.10.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARONI, Isabela Galli; FERNANDES, Ana paula Morais. Resistência e genotipagem: enfoque para o cuidado de enfermagem a portadores do HIV-1. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Baroni, I. G., & Fernandes, A. paula M. (2009). Resistência e genotipagem: enfoque para o cuidado de enfermagem a portadores do HIV-1. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Baroni IG, Fernandes A paula M. Resistência e genotipagem: enfoque para o cuidado de enfermagem a portadores do HIV-1. 2009 ;
    • Vancouver

      Baroni IG, Fernandes A paula M. Resistência e genotipagem: enfoque para o cuidado de enfermagem a portadores do HIV-1. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021