Exportar registro bibliográfico

Reações adversas e transfusionais na infusão de células tronco hematopoéticas: implicações para a Enfermagem (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: CURCIOLI, ANA CAROLINA DE JESUS VIEIRA - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: ENFERMAGEM; CÉLULAS-TRONCO (TRANSPLANTE;RESULTADOS)
  • Language: Português
  • Abstract: O transplante de célula-tronco hematopoética (TCTH) vem se solidificando como modalidade terapêutica para o tratamento de várias doenças, auto-imunes, hematológicas e onco-hematológicas. Neste procedimento complexo está inserida a infusão das células-tronco hematopoéticas (CTH), suas reações e os cuidados de enfermagem inerentes a essa prática, com o objetivo de minimizar tais complicações. O presente estudo buscou analisar a ocorrência de reações adversas e transfusionais na infusão de CTH e sua documentação pela enfermagem. Trata-se de um estudo epidemiológico, descritivo, onde foram empregados dois instrumentos, elaborados e validados quanto à aparência e conteúdo para tal fim. A população estudada foi composta pelos transplantes ocorridos nos anos de 2006 a 2008, em unidades de transplante autólogo e alogênico de um hospital do interior do estado de São Paulo. Constatou-se a ocorrência de 166 transplantes neste período, sendo 114 autólogos, 47 alogênicos e 5 haploidênticos. Ocorreram 3 reações transfusionais, dentre os transplantes alogênico e 96 reações adversas, que ocorreram em todos os tipos de transplantes, porém com maior evidência no transplante autólogo. Os dados sugerem que tais reações adversas são associadas ao uso do crioprotetor, o DMSO. Não houve relação da velocidade de infusão com a ocorrência de reações, mesmo porque foram infundidas dentro da velocidade preconizada. Também não houve relação com a quantidade de DMSO infundido, pois a maioria dostransplantes que ocorreu reação recebeu uma quantidade bem abaixo da recomendada em literatura. Nas reações transfusionais, foram infundidos produtos frescos, dentro da velocidade adequada. Quanto às fontes de CTH, observou-se menor tempo de enxertamento nas células provenientes de sangue periférico. No que tange a documentação de enfermagem, existem dados que necessitam ser incorporados na evolução de enfermagem. Informações quanto ao horário de início e término da infusão aparecem como prática estabelecida e inserida na documentação da enfermagem. A intervenção de enfermagem mais evidente foi a monitorização dos sinais vitais, o que indica que há uma avaliação da equipe, de maneira global, a fim de iniciar condutas baseadas em uma avaliação clínica. Concluindo, a ocorrência de reações durante a infusão de células-tronco hematopoéticas é esperada. No entanto, é preciso aperfeiçoar a assistência de enfermagem por meio da sistematização do procedimento de infusão de células; neste sentido está sugerido um instrumento de registro de dados sobre o processo de infusão, que proporcionará informações ao enfermeiro frente à possibilidade da ocorrência das reações adversas e/ou transfusionais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.09.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CURCIOLI, Ana Carolina de Jesus Vieira; CARVALHO, Emília Campos de. Reações adversas e transfusionais na infusão de células tronco hematopoéticas: implicações para a Enfermagem. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Curcioli, A. C. de J. V., & Carvalho, E. C. de. (2009). Reações adversas e transfusionais na infusão de células tronco hematopoéticas: implicações para a Enfermagem. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Curcioli AC de JV, Carvalho EC de. Reações adversas e transfusionais na infusão de células tronco hematopoéticas: implicações para a Enfermagem. 2009 ;
    • Vancouver

      Curcioli AC de JV, Carvalho EC de. Reações adversas e transfusionais na infusão de células tronco hematopoéticas: implicações para a Enfermagem. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021