Exportar registro bibliográfico

Ação da molécula doadora de óxido nitrico S-Nitrosoglutationa (GSNO) na leishmaniose cutânea experimental (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: COSTA, INEZ SILVA FERNANDES - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMI
  • Subjects: LEISHMANIA; LEISHMANIOSE CUTÂNEA; LEISHMANIA BRASILIENSIS; ÓXIDO NÍTRICO; CAMUNDONGOS
  • Language: Português
  • Abstract: Os protozoários do gênero Leishmania são os agentes etiológicos da leishmaniose cutânea e visceral. A infecção é transmitida por insetos hematófagos, nos quais os parasitos se desenvolvem sob a forma promastigota. Nos hospedeiros mamíferos, incluindo a espécie humana, as formas encontradas são as amastigotas que proliferam nos macrófagos; estas células podem controlar a infecção produzindo radicais derivados do oxigênio e do nitrogênio. O óxido nítrico (NO) é um dos mais potentes radicais com atividade leishmanicida. Existem várias moléculas já descritas que liberam NO em meio aquoso ou quando adicionadas a suspensões celulares. São chamadas de doadoras de NO. Algumas destas vêm sendo estudadas pelo seu potencial terapêutico no tratamento das leishmanioses cutâneas. A molécula S-nitrosoglutationa (GSNO) pertence a um grupo de moléculas conhecido com S-nitroso-tióis e é um doador de NO relativamente estável. A GSNO havia sido previamente testada em culturas de formas promastigotas de L. amazonensis e causou a morte do parasito. O possível uso da GSNO na terapia das leishmanioses cutâneas demanda o conhecimento de suas ações sobre as formas amastigotas encontradas nos hospedeiros mamíferos. Terapias complementares aos antimoniais usados no tratamento da leishmaniose cutânea são necessárias porque estes são apenas injetáveis, têm efeitos colaterais e ocorrem altos índices de desistência do tratamento.O objetivo do trabalho foianalisar o efeito da molécula GSNO nas culturas de células THP-1 (linhagem de monócitos humanos leucêmicos) infectadas com L.major e o efeito da sua administração tópica diretamente na lesão ulcerada leishmaniótica de camundongos infectados. Os experimentos com células THP-1 infectadas com L. major e tratadas com GSNO, mostram marcada redução do parasitismo intracelular, dose dependente, em comparação às culturas sem tratamento O tratamento com GSNO foi testado em camundongos Balb/c 8 infectados com L. major e em camundongos C57BL/6 desprovidos do gene de IFN-? (Knockout de IFN - ? ou IFN-? KO) infectados com L. braziliensis. Grupos de animais foram infectados no dorso e após 60 dias iniciou-se o tratamento tópico com GSNO diluída em PBS, em GEL F127 ou com os respectivos veículos, como controles; ainda, outros grupos foram tratados sistemicamente (via endovenosa) com o antibiótico com ação leishmanicida, anfotericina B, ou com anfotericina B associada à aplicação tópica de GSNO. Foram feitas duas medições semanais das lesões. Decorridos aproximadamente 60 dias após o início do tratamento, os animais foram sacrificados e retirados o linfonodo drenante (inguinal superficial) e a lesão para fazer a quantificação parasitária. O tratamento tópico da infecção por L.major com a molécula GSNO reduziu o tamanho da lesão cutânea, chegando a se observar fechamento da ulcera em alguns animais; a carga parasitária no linfonodo drenante e/ou na lesãotambém sofreu redução . Nos camundongos IFN-? KO infectados por L. braziliensis, também ocorreu inibição da progressão da lesão pelo tratamento local com GSNO em comparação ao grupo não tratado. Como conclusão, conseguimos demonstrar que GSNO apresenta efeito leishmanicida sobre formas amastigotas de L.major em cultura celular e reduz a lesão cutânea causada por L.major ou por L.braziliensis em comparação aos grupos controle.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.12.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDEZ-COSTA, Inez Silva; ABRAHAMSOHN, Ises de Almedaa. Ação da molécula doadora de óxido nitrico S-Nitrosoglutationa (GSNO) na leishmaniose cutânea experimental. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-27012010-091210/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Fernandez-Costa, I. S., & Abrahamsohn, I. de A. (2009). Ação da molécula doadora de óxido nitrico S-Nitrosoglutationa (GSNO) na leishmaniose cutânea experimental. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-27012010-091210/?&lang=pt-br
    • NLM

      Fernandez-Costa IS, Abrahamsohn I de A. Ação da molécula doadora de óxido nitrico S-Nitrosoglutationa (GSNO) na leishmaniose cutânea experimental [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-27012010-091210/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Fernandez-Costa IS, Abrahamsohn I de A. Ação da molécula doadora de óxido nitrico S-Nitrosoglutationa (GSNO) na leishmaniose cutânea experimental [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42133/tde-27012010-091210/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021