Exportar registro bibliográfico

Transplante cardíaco: sistema tensional inconsciente dominante e diagnóstico adaptativo operacionalizado de mulheres candidatas ao enxerto (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: TAMAGNINI, ELISABETE JOYCE GALHARDO - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSC
  • Subjects: TRANSPLANTE DE CORAÇÃO; SAÚDE DA MULHER; TESTE DE RELAÇÕES OBJETAIS DE PHILLIPSON; ESCALA DIAGNÓSTICA ADAPTATIVA OPERACIONALIZADA; RELAÇÕES DE OBJETO; HIGIENE
  • Language: Português
  • Abstract: O transplante cardíaco representa a última alternativa de tratamento e única possibilidade de sobrevivência do paciente com insuficiência cardíaca (IC) terminal. É indicado quando todos os procedimentos foram considerados ou excluídos no tratamento da cardiopatia grave. Atualmente, os resultados obtidos com a cirurgia de enxerto indicam possibilidade de aumento de sobrevida do transplantado que, de outro modo, iria a óbito. Em aproximadamente 80% dos transplantes de coração hoje realizados, os pacientes estão vivos dois anos após a cirurgia. Devido à escassez de trabalhos encontrados na literatura, a presente pesquisa foi realizada com mulheres cardiopatas indicadas à cirurgia de enxerto. Questiona-se a interferência de relações objetais estabelecidas pelas pacientes na decisão de submissão à cirurgia e adesão aos cuidados do pós-operatório. O objetivo principal foi verificar a dinâmica emocional de mulheres candidatas ao transplante cardíaco. Foram utilizados como instrumentos o Teste de Relações Objetais de Phillipson (TRO), interpretado através de investigações sobre o Sistema Tensional Inconsciente Dominante (STID), e a entrevista clínica classificada a partir da Escala Diagnóstica Adaptativa Operacionalizada (EDAO), aplicados em sete pacientes encaminhadas à avaliação psicológica pelo Setor de Transplante Cardíaco do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia (IDPC), em São Paulo. A análise dos achados se deu à luz da teoria psicanalíticadas Relações Objetais de Melanie Klein. Constatou-se que as mulheres indicadas ao transplante de coração, participantes da presente pesquisa, estabelecem relações objetais persecutórias correspondentes às fases mais arcaicas do desenvolvimento esquizoparanóide e viscocárica. Agindo como fator tensional, a doença cardíaca terminal pode ser vivida como perigo interno, induzindo a excessiva pressão das forças de morte e agravando ) tendências à negação e abandono do tratamento.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.05.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TAMAGNINI, Elisabete Joyce Galhardo; CAMPOS, Elisa Maria Parahyba. Transplante cardíaco: sistema tensional inconsciente dominante e diagnóstico adaptativo operacionalizado de mulheres candidatas ao enxerto. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-04122009-105237/ >.
    • APA

      Tamagnini, E. J. G., & Campos, E. M. P. (2009). Transplante cardíaco: sistema tensional inconsciente dominante e diagnóstico adaptativo operacionalizado de mulheres candidatas ao enxerto. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-04122009-105237/
    • NLM

      Tamagnini EJG, Campos EMP. Transplante cardíaco: sistema tensional inconsciente dominante e diagnóstico adaptativo operacionalizado de mulheres candidatas ao enxerto [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-04122009-105237/
    • Vancouver

      Tamagnini EJG, Campos EMP. Transplante cardíaco: sistema tensional inconsciente dominante e diagnóstico adaptativo operacionalizado de mulheres candidatas ao enxerto [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-04122009-105237/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021