Exportar registro bibliográfico

Aspectos fenotípícos e moleculares da adesão e atividade enzimática de Candida sp isoladas de pacientes com sinais clínicos de candidíase oral (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: COSTA, KAREN REGINA CARIM DA - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: S/D
  • Subjects: CANDIDA (GENÉTICA); FENÓTIPOS; ENZIMAS (ATIVIDADE)
  • Language: Português
  • Abstract: O amplo espectro da candidíase e a respectiva importância clínica da infecção impulsionam as pesquisas que visam esclarecer os mecanismos de patogenicidade e identificação dos fatores de virulência de Candida sp. Portanto, o objetivo deste estudo foi verificar através de testes fenotípicos e moleculares a capacidade de adesão, atividade de proteases e variabilidade genética de isolados clínicos de C. albicans e C. tropicalis. A capacidade de adesão às glicoproteínas de matriz extracelular laminina e fibronectina foi avaliada utilizando-se a técnica de ELISA (Enzyme-linked imunosorbent assay). A pesquisa de proteases foi realizada pelos métodos semiquantitativo, em placa de ágar com albumina bovina, e quantitativo, em solução-tampão com hemoglobina. A presença dos genes ALS2, ALS3, SAP1, SAP3 e PLB1 foi verificada pela Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) e os polimorfismos intra e interespécies pela técnica do DNA Polimórfico Amplificado ao Acaso (RAPD). Todos os isolados de C. albicans e C. tropicalis apresentaram ligação à laminina e à fibronectina imobilizadas. Os isolados Ca33 e Ct13 apresentaram índices de adesão relativa significativamente maiores em relação aos demais isolados para as duas glicoproteínas (p < 0,001). A atividade de proteases foi observada em todos os isolados de C. albicans tanto pelo método semiquantitativo quanto pelo método quantitativo. A atividade de proteases dos isolados de C. tropicalis foi melhor evidenciada através do métodoquantitativo. A amplificação de fragmentos dos genes relacionados à adesão (ALS2 e ALS3), atividade de proteases (SAP1 e SAP3) e fosfolipase (PLB1) foi observada em todos os isolados de C. albicans. Os isolados de C. tropicalis não apresentaram produtos de amplificação para os genes pesquisados. A variabilidade genética avaliada pela técnica do RAPD revelou uma população heterogênea em ambas as espécies. No entanto, C. tropicalis apresentou maior diversidade genética que C. albicans
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.11.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      COSTA, Karen Regina Carim da; CANDIDO, Regina Celia; BARUFFI, Marcelo Dias. Aspectos fenotípícos e moleculares da adesão e atividade enzimática de Candida sp isoladas de pacientes com sinais clínicos de candidíase oral. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-03122010-093837/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Costa, K. R. C. da, Candido, R. C., & Baruffi, M. D. (2009). Aspectos fenotípícos e moleculares da adesão e atividade enzimática de Candida sp isoladas de pacientes com sinais clínicos de candidíase oral. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-03122010-093837/?&lang=pt-br
    • NLM

      Costa KRC da, Candido RC, Baruffi MD. Aspectos fenotípícos e moleculares da adesão e atividade enzimática de Candida sp isoladas de pacientes com sinais clínicos de candidíase oral [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-03122010-093837/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Costa KRC da, Candido RC, Baruffi MD. Aspectos fenotípícos e moleculares da adesão e atividade enzimática de Candida sp isoladas de pacientes com sinais clínicos de candidíase oral [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-03122010-093837/?&lang=pt-br


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021