Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de procedimento analítico em fluxo com multicomutação para a determinação espectrofotométrica de ácido úrico em urina (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: ROCHA, DIOGO LIBRANDI DA - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: QUÍMICA ANALÍTICA; ANÁLISE POR INJEÇÃO EM FLUXO; ANÁLISE COLORIMÉTRICA; TÉCNICAS E PROCEDIMENTOS DE LABORATÓRIO; ÁCIDOS (ANÁLISE;URINA)
  • Language: Português
  • Abstract: 0,0002)´CIND.Au´ + (0,0285'MAIS OU MENOS'0,0040), r = 0,999, em que ´CIND.Au´ é a concentração de ácido úrico em ´MICROMOL´ ´LPOT.-1´. O limite de detecção foi estimado em 3,0 ´MICROMOL´ ´LPOT.-1´ (99,7 POR CENTO´ de nível de confiança; n = 20). O coeficiente de variação foi estimado em ´1,2 POR CENTO´ com 20 medidas de uma solução de ácido úrico 75 ´MICROMOL´ ´LPOT.-1´ e a frequência de amostragem foi de ´150 POT.h-1'. As principais espécies ) concomitantes presentes na urina não interferem na determinação de ácido úrico em concentrações até 5 vezes maiores que as usualmente encontradas. Recuperações entre 91 e ´112 POR CENTO´ foram estimadas e os resultados das análises de 4 amostras de urina concordaram com os obtidos pelo procedimento enzimático para a determinação de ácido úrico (´95 POR CENTO´ de nível de confiança). O alto grau de diluição da amostra necessário (100 vezes) minimiza o volume de amostra utilizado e os efeitos de matriz. Uma simples reconfiguração do sistema e a reotimização das frações volumétricas permitiram que a amostra fosse diluída em linha por reamostragem na zona dispersa. Resposta linear foi observada até 5,0 'MILIMOL' ´LPOT.-1' de ácido úrico, sendo a curva analítica obtida representada pela equação A=(0,105 'MAIS OU MENOS' 0,001) ´CIND.Au,´ + (0,023'MAIS OU MENOS' 0,003), r=O,999, em que ´CIND.Au´ é a concentração de ácido úrico em 'MILIMOL' ´LPOT.-1´. O coeficiente de variação, o limite de detecção e a frequência de amostragemforam estimados em 1,0 ´POR CENTO´, 0,2 'MILIMOL' ´LPOT.-1´ e 95 ´hPOT-1´, respectivamente. Os resultados da análise de 3 amostras de urina concordaram com os obtidos pelo procedimento enzimático, com nível de confiança de ´95 POR CENTO´.A mecanização de procedimentos analíticos em análises clínicas traz vantagens tais como minimização de erros sistemáticos e do tempo das análises. Sistemas de análises em fluxo com multicomutação apresentam grandes potencialidades nesse sentido, atendendo às necessidades da mecanização de procedimentos analíticos de maneira versátil e robusta. Estes sistemas permitem minimizar o consumo de reagentes e a geração de resíduos, devido ao gerenciamento preciso de pequenos volumes de soluções por dispositivos controlados eletronicamente, tais como microbombas solenoide. O fluxo pulsado proporcionado pelas microbombas e a estratégia da amostragem binária melhoram a mistura entre amostra e reagentes. O ácido úrico é o principal produto final do metabolismo de purinas. A determinação deste analito em amostras de urina apresenta importância clínica, uma vez que sua concentração pode auxiliar no diagnóstico de disfunções no organismo humano, como a gota e o mau funcionamento dos rins. Um procedimento analítico empregando sistema de análises em fluxo com microbombas solenoide foi desenvolvido para a determinação de ácido úrico em amostras de urina. Os íons Cu(II) são reduzidos pelo ácido úrico a íons Cu(I), que podem ser quantificados por espectrofotometria na presença do ácido 4,4' -dicarboxi-2,2'-biquinolínico (BQA). Resposta linear foi observada entre 10 e 100 ´MICROMOL´-´LPOT.-1´ de ácido úrico, sendo a curva analítica representada pela equação A=(0,0063 'MAIS OU MENOS'
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.09.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROCHA, Diogo Librandi da; ROCHA, Fábio Rodrigo Piovezani. Desenvolvimento de procedimento analítico em fluxo com multicomutação para a determinação espectrofotométrica de ácido úrico em urina. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46133/tde-05102009-105307/ >.
    • APA

      Rocha, D. L. da, & Rocha, F. R. P. (2009). Desenvolvimento de procedimento analítico em fluxo com multicomutação para a determinação espectrofotométrica de ácido úrico em urina. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46133/tde-05102009-105307/
    • NLM

      Rocha DL da, Rocha FRP. Desenvolvimento de procedimento analítico em fluxo com multicomutação para a determinação espectrofotométrica de ácido úrico em urina [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46133/tde-05102009-105307/
    • Vancouver

      Rocha DL da, Rocha FRP. Desenvolvimento de procedimento analítico em fluxo com multicomutação para a determinação espectrofotométrica de ácido úrico em urina [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46133/tde-05102009-105307/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021