Exportar registro bibliográfico

Resistência de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) a spinosad no Brasil (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: DOURADO, PATRICK MARQUES - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEF
  • Subjects: FITOSSANIDADE; INSETICIDAS; LAGARTAS; MANEJO INTEGRADO; MILHO
  • Language: Português
  • Abstract: Spinosad tem sido um dos inseticidas bastante utilizados em programas de manejo de Spodoptera frugiperda (J.E. Smith) no Brasil, devido à alta eficácia e ao mecanismo de ação único (ativadores alostéricos dos receptores nicotínicos de acetilcolina). Para preservar a vida útil de spinosad, os objetivos do trabalho foram: (a) caracterizar a variabilidade geográfica e temporal na suscetibilidade de S. frugiperda a spinosad em populações coletadas nas principais regiões produtoras de milho no Brasil nas safras de 2006 a 2008, (b) Avaliar a resposta à pressão de seleção de S. frugiperda a spinosad em condições de laboratório, e (c) avaliar a resistência cruzada entre spinosad e spinetoram em S. frugiperda. A caracterização da suscetibilidade a spinosad em populações de S. frugiperda foi realizada com o método de bioensaio por ingestão mediante contaminação superficial da dieta artificial com o inseticida, utilizando-se lagartas de 3º instar. Baseado na resposta de concentração-mortalidade da população suscetível de referência, foram definidas as concentrações diagnósticas de 32 e 56 µg de spinosad/mL de água [I.A.(ppm)], correspondentes à CL95 e CL97 respectivamente, para o monitoramento da resistência. Foram verificadas diferenças significativas na suscetibilidade de populações de S. frugiperda a spinosad no Brasil, com sobrevivências variando de 1,5 a 64,4% e 1,5 a 41,2% nas concentrações diagnósticas de 32 e 56 ppm de spinosad respectivamente. Em geralfoi observado um aumento na freqüência de resistência em todas as populações avaliadas nas safras de 2006 a 2008. Foram verificadas respostas à pressão de seleção de uma população de S. frugiperda a spinosad, atingindo uma razão de resistência (RR) de 371 vezes, após cinco ciclos de seleção para resistência em condições de laboratório. Resistência cruzada positiva entre spinosad e spinetoram foi comprovada para a ) população de S. frugiperda resistente a spinosad. Portanto, as estratégias de uso de spinosad para o controle de S. frugiperda no Brasil devem ser revistas para preservar a vida útil desse importante inseticida em programas de manejo integrado de pragas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.10.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DOURADO, Patrick Marques; OMOTO, Celso. Resistência de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) a spinosad no Brasil. 2009.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-10112009-135709/ >.
    • APA

      Dourado, P. M., & Omoto, C. (2009). Resistência de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) a spinosad no Brasil. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-10112009-135709/
    • NLM

      Dourado PM, Omoto C. Resistência de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) a spinosad no Brasil [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-10112009-135709/
    • Vancouver

      Dourado PM, Omoto C. Resistência de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) a spinosad no Brasil [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-10112009-135709/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021