Exportar registro bibliográfico

Expressão da proteína c-Fos na via barorreflexa no modelo de hipertesão arterial induzida pelo L-NAME (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: PEREIRA, RICARDO MOTTA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Subjects: HIPERTENSÃO; PRESSORECEPTORES; ÓXIDO NÍTRICO; ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA; FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR
  • Language: Português
  • Abstract: A função barorreflexa na hipertensão arterial induzida pelo L-NAME ainda é assunto controvertido, possivelmente devido aos efeitos de anestésicos e/ou drogas vasoativas, usualmente empregadas para o estudo do barorreflexo. O nosso laboratório desenvolveu a técnica da estimulação elétrica do nervo depressor aórtico (NDA), em ratos acordados, para estudar, o controle barorreflexo cardiocirculatório. OBJETIVO: Estudar a atividade neuronal na via barorreflexa e no PVN, por meio da expressão da proteína c-Fos, em ratos hipertensos L-NAME, acordados, submetidos à estimulação elétrica do NDA, a fim de se detectar possíveis alterações do barorreflexo nesse modelo de hipertensão arterial. MÉTODOS E RESULTADOS: Os animais foram tratados durante 14 dias com L-NAME (70 mg/kg, n=13) ou D-NAME (70 mg/kg, n=10) dissolvidos na água de beber, ou, somente, com água de beber (controles, n=13). Os ratos hipertensos L-NAME apresentaram pressão arterial média (163±4 mmHg) e freqüência cardíaca (404±8 bpm) basais maiores que os normotensos D-NAME (108±1 mmHg e 366±8 bpm) e controles (100±2 mmHg e 355±7 bpm). Na véspera do experimento os animais foram anestesiados com tiopental para cateterização da artéria e veia femorais, e implantação dos eletrodos para estimulação elétrica (1 mA, 2ms e 60Hz) do NDA, intermitente com ciclos de 5s de estimulação seguidos de 10s sem estimulação, durante 20 minutos. Duas horas após esse procedimento foi realizada a imunohistoquímica para c-Fos. Asrespostas hipotensora e bradicárdica devido à estimulação do NDA não diferiram entre os grupos, entretanto, a densidade de c-Fos nos animais estimulados foi maior nos ratos hipertensos L-NAME no núcleo do trato solitário (NTS) intermediário (108±6 vs. 47±5 vs. 43±5 N°Fos/'mm POT. 2') e no NTS comissural caudal (107±1 O vs. 43±1 vs. 44±8 N°Fos/'mm POT. 2'), em relação aos normotensos D-NAME e controles estimulados. O protocolo de estimulação do NDA foi eficaz em aumentar, de forma semelhante, a expressão da proteína c-Fos na região caudal ventrolateral do bulbo (CVLM) dos animais estimulados. A estimulação do NDA levou ao aumento na densidade da proteína c-Fos nas porções magnocelulares anterior (PaMA) e medial (PaMM) do PVN. Nos neurônios parvocelulares do PVN a estimulação do NDA aumentou a expressão de c-Fos, somente, na região posterior (PaPO) dos ratos hipertensos L-NAME. CONCLUSÕES: 14 dias de tratamento com L-NAME induziu hipertensão arterial e taquicardia; a estimulação elétrica do NDA foi eficaz em ativar o barorreflexo; a maior densidade de c-Fos no NTS dos ratos hipertensos L-NAME estimulados sugere uma maior desinibição dos neurônios barorreceptores neste modelo de hipertensão arterial; a estimulação do NDA ativou neurônios do PVN magnocelular, responsáveis pela síntese de ocitocina e vasopressina; nos neurônios parvocelulares do PVN, a ativação do barorreflexo pela estimulação do NDA aumentou a expressão da proteína c-Fossomente nos ratos hipertensos L-NAME, o que sugere uma maior participação do PVN na modulação autonômica simpática nesse modelo de hipertensão arterial
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.08.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA, Ricardo Motta; SALGADO, Helio Cesar. Expressão da proteína c-Fos na via barorreflexa no modelo de hipertesão arterial induzida pelo L-NAME. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Pereira, R. M., & Salgado, H. C. (2009). Expressão da proteína c-Fos na via barorreflexa no modelo de hipertesão arterial induzida pelo L-NAME. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Pereira RM, Salgado HC. Expressão da proteína c-Fos na via barorreflexa no modelo de hipertesão arterial induzida pelo L-NAME. 2009 ;
    • Vancouver

      Pereira RM, Salgado HC. Expressão da proteína c-Fos na via barorreflexa no modelo de hipertesão arterial induzida pelo L-NAME. 2009 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021