Exportar registro bibliográfico

Administração de dehidroepiandrosterona (DHEA) como mediador da resposta imune em ratos Wistar infectados com Trypanosoma cruzi submetidos ao estresse repetitivo (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CAETANO, LEONY CRISTINA - FCFRP
  • Unidades: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 601
  • Subjects: TRYPANOSOMA CRUZI; HORMÔNIOS DO SISTEMA RENAL; ESTRESSE
  • Language: Português
  • Abstract: A doença de Chagas representa um importante problema para a Saúde Publica na América Latina, onde o tratamento é limitado principalmente na fase crônica. Mesmo controlando a replicação parasitária, a completa eliminação do parasita e a cura da doença não são observadas de forma consistente. A ativação do eixo adrenal-hipotálamo-hipófise possui um papel importante na supressão do sistema imune. Neste trabalho foram observados os efeitos do estresse repetitivo em ratos Wistar infectados com a cepa Y de Trypanosoma cruzi durante as fases aguda e crônica da doença experimental, através da exposição dos animais a vapores de éter por um minuto duas vezes ao dia. O estresse repetitivo provocou aumento do número de parasitas e a administração de DHEA reduziu significantemente a parasitemia durante a fase aguda. A resposta TH-1 foi mais vigorosa em animais submetidos à terapia com DHEA mesmo quando submetidos ao estresse repetitivo. Assim TNF-, IFN-, IL-2, NO e linfoproliferação mostraram concentrações mais elevadas quando comparadas aos animais nô submetidos à terapia. A resposta TH-2 nos grupos sem suplementação com DHEA, IL-4 e IL-10 apresentaram valores reduzidos nos animais infectados e estressados submetidos à terapia com DHEA. A concentração de corticosterona mostrou-se elevada para animais estressados e infectados em relação aos animais submetidos a terapia com DHEA. A histopatologia apresentou redução no número de neurônios nas fases aguda e crônica para os animaisestressados e infectados, os mesmos apresentaram desorganização tecidual cardíaca com aumento do número de ninhos de amastigotas e moderado processo inflamatório por células mononucleares. Estes resultados sugerem que o estresse repetitivo pode ser considerado como fator importante durante o desenvolvimento da doença de Chagas experimental, aumentando sua patogênese através de distúrbios do sistema ) imune do hospedeiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.09.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAETANO, Leony Cristina; PRADO JUNIOR, Jose Clovis do. Administração de dehidroepiandrosterona (DHEA) como mediador da resposta imune em ratos Wistar infectados com Trypanosoma cruzi submetidos ao estresse repetitivo. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-23092009-091447/ >.
    • APA

      Caetano, L. C., & Prado Junior, J. C. do. (2009). Administração de dehidroepiandrosterona (DHEA) como mediador da resposta imune em ratos Wistar infectados com Trypanosoma cruzi submetidos ao estresse repetitivo. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-23092009-091447/
    • NLM

      Caetano LC, Prado Junior JC do. Administração de dehidroepiandrosterona (DHEA) como mediador da resposta imune em ratos Wistar infectados com Trypanosoma cruzi submetidos ao estresse repetitivo [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-23092009-091447/
    • Vancouver

      Caetano LC, Prado Junior JC do. Administração de dehidroepiandrosterona (DHEA) como mediador da resposta imune em ratos Wistar infectados com Trypanosoma cruzi submetidos ao estresse repetitivo [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60135/tde-23092009-091447/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019