Exportar registro bibliográfico

Avaliação histométrica do reparo ósseo alveolar de ratos tratados com anti-inflamatórios não-esteroidais (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: FRACON, RICARDO NOGUEIRA - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: REPARO ÓSSEO; REPARAÇÃO ALVEOLAR; PROSTAGLANDINAS; ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDES
  • Language: Português
  • Abstract: As prostaglandinas (PGs) são derivadas do metabolismo do ácido aracdônico pela via das enzimas cicloxigenases (COX-1 e COX-2) e participam do controle do metabolismo ósseo. Os anti-inflamatórios não-esteroidais (AINEs), , inibidores das COX, podem interferir negativamente com a formação óssea, atrasando o reparo de fratura de ossos longos, a fusão espinhal e a osseointegração de implantes. O presente trabalho teve por objetivo avaliar, quantitativamente, o efeito de diferentes tipos de AINEs (convencional, preferencial e seletivo para COX-2), assim como de um analgésico com efeito anti-inflamatório fraco, sobre o reparo ósseo alveolar, em ratos machos. Os animais foram divididos em 5 grupos experimentais: a) controle (administração de 1 mL água/dia), b) cetorolaco de trometamina (inibidor não- seletivo COX-1/COX-2; ingestão de 4 mg/kg/dia), c) nimesulida (inibidor preferencial de COX-2; ingestão de 5 mg/kg/dia), d) paracetamol (efeito anti- inflamatório fraco; ingestão de 80 mg/kg/dia), e) etoricoxibe (inibidor seletivo de COX-2; ingestão de 10 mg/kg/dia). As dosagens foram baseadas em trabalhos experimentais da literatura e na equivalência com a terapêutica humana. A administração foi realizada por gavage gástrica, iniciando logo após a extração do incisivo superior direito e seguindo por um período de 14 dias, após o que os ratos foram sacrificados, as hemi-maxilas contendo os alvéolos em reparação foram coletadas e processadas para inclusão em parafina,orientada de maneira a permitir cortes sem i-seriados longitudinais de 6 µm de espessura (a intervalos de 60 µm), que foram corados pela hematoxilina e eosina. O percentual de tecido ósseo neoformado foi estimado por método de contagem diferencial de pontos, utilizando-se um microscópio óptico munido de câmera digital de vídeo para captura de imagens e um programa para histometria. Foram contados cerca de 1200 pontos (1182,9 ± 47,6 pontos; média ± EPM) no terço cervical alveolar de cada animal, em cerca de 8 secções histológicas intercaladas (8,6 ± 0,3 secções; média :t EPM). Após a aplicação de teste que comprovou a normalidade de todas as distribuições (teste de Kolmogorov-Smirnov, p > 0,10) aplicou-se a Análise de Variância (gl=4; F = 1,52; `X POT. 2´ = 0,13), que comprovou que o tratamento com os diferentes tipos de AINEs não interferiu com a formação óssea reparacional, neste modelo experimental. Os presentes resultados, obtidos em animais, não devem ser diretamente extrapolados para humanos, nem conduzir a uma inferência sobre o uso de AINEs na clínica odontológica. No entanto, as numerosas evidências experimentais e clínicas de que os diferentes tipos de AINEs podem ter efeitos indesejados na clínica ortopédica, somadas ao número reduzido de estudos voltados especificamente para a área odontológica, indicam a necessidade de mais investigações nessa área, com variação dos parâmetros experimentais e das ferramentas de avaliação, antes quese descarte a possibilidade de que os AINEs possam ter efeitos indesejados em procedimentos odontológicos que necessitam de formação óssea, principalmente no caso de utilização prolongada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.07.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRACON, Ricardo Nogueira; LAMANO, Teresa Lúcia Colussi. Avaliação histométrica do reparo ósseo alveolar de ratos tratados com anti-inflamatórios não-esteroidais. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-30082010-103722/?&lang=pt-br >.
    • APA

      Fracon, R. N., & Lamano, T. L. C. (2009). Avaliação histométrica do reparo ósseo alveolar de ratos tratados com anti-inflamatórios não-esteroidais. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-30082010-103722/?&lang=pt-br
    • NLM

      Fracon RN, Lamano TLC. Avaliação histométrica do reparo ósseo alveolar de ratos tratados com anti-inflamatórios não-esteroidais [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-30082010-103722/?&lang=pt-br
    • Vancouver

      Fracon RN, Lamano TLC. Avaliação histométrica do reparo ósseo alveolar de ratos tratados com anti-inflamatórios não-esteroidais [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-30082010-103722/?&lang=pt-br

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021