Exportar registro bibliográfico

Estudo das estratégias operatórias desenvolvidas pelos agentes de fiscalização da Zona Azul na relação com os usuários do serviço: subsídios para o aprimoramento de um cotidiano de trabalho (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: GONÇALVES, RITA MARIA DE ABREU - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MPM
  • Subjects: ESTACIONAMENTOS; SETOR PÚBLICO; SAÚDE OCUPACIONAL; TERAPIA OCUPACIONAL
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: Esta dissertação objetivou estudar o trabalho dos agentes de fiscalização do estacionamento rotativo da Companhia de Engenharia de Tráfego da cidade de São Paulo, conhecido como Zona Azul; investigar a relação entre os agentes, os usuários e a população; e identificar e analisar as estratégias operatórias utilizadas pelos trabalhadores para lidar com as adversidades, constrangimentos, conflitos e agressões advindas dessa relação. MÉTODOS: O método utilizado foi o estudo de caso. A pesquisa é do tipo empírica e qualitativa. Foram realizadas dez entrevistas individuais semiestruturadas com agentes de regiões da Zona Azul, com características diferentes, uma comercial e outra mista. A técnica de análise de conteúdo foi utilizada para analisar as entrevistas, elencar as categorias e subcategorias de análise e arrolar as estratégias operatórias utilizadas pelos agentes em cada uma delas. RESULTADOS: Os agentes utilizam, diária e cotidianamente, uma diversidade de estratégias operatórias na relação com usuários e população, primeiramente, para fazer o trabalho acontecer e, posteriormente, para que as regras da Zona Azul sejam cumpridas, seja para autuar, para evitar conflitos e/ou para se protegerem em situações de agressões. Conflitos e agressões entre agentes e usuários são freqüentes; e a principal causa, destes, é a resistência em pagar pelo uso do estacionamento, e a de agressão, é a emissão da autuação, o que obriga os agentes a desenvolveremestratégias, cuja finalidade é a execução do trabalho; se autoprotegerem dos conflitos e das agressões; e o enriquecimento e reconhecimento do trabalho.CONCLUSÃO: A fiscalização e regulação do estacionamento público; a emissão de autuações, ante a resistência em se pagar pelo uso do espaço urbano; a restrição ao uso do espaço público; ser anteparo entre a instituição que representam e os usuários tornam o trabalho dos agentes conflituoso, e os agentes ) conflituoso, e os agentes têm de utilizar estratégias para lidar com tais adversidades. As estratégias não são compartilhadas entre os agentes, já que a empresa não reconhece a importância da relação entre agentes, usuários e a população, como parte do trabalho da Zona Azul. Não há investimento da Companhia em favorecer espaços de troca, promover reciclagens e treinamentos para esse fim. Os conflitos entre agentes e usuários se potencializam pelo fato de os agentes trabalharem na rua, sozinhos, longe da matriz, sem segurança e suporte desta, e representarem uma empresa com características de instituição pública os leva a não serem reconhecidos nem respeitados como autoridades de trânsito. À empresa caberia repensar as questões relacionadas à organização do trabalho da Zona Azul, especificamente, o aspecto relacional inerente à atuação destes trabalhadores; ao Estado e à sociedade civil, elaborar e implementar políticas públicas específicas para o setor, visando à melhoria das condições de trabalho e à diminuição daviolência contra trabalhadores que têm a rua como seu ambiente de trabalho
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.09.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONÇALVES, Rita Maria de Abreu; LANCMAN, Selma. Estudo das estratégias operatórias desenvolvidas pelos agentes de fiscalização da Zona Azul na relação com os usuários do serviço: subsídios para o aprimoramento de um cotidiano de trabalho. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5163/tde-07122009-172659/ >.
    • APA

      Gonçalves, R. M. de A., & Lancman, S. (2009). Estudo das estratégias operatórias desenvolvidas pelos agentes de fiscalização da Zona Azul na relação com os usuários do serviço: subsídios para o aprimoramento de um cotidiano de trabalho. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5163/tde-07122009-172659/
    • NLM

      Gonçalves RM de A, Lancman S. Estudo das estratégias operatórias desenvolvidas pelos agentes de fiscalização da Zona Azul na relação com os usuários do serviço: subsídios para o aprimoramento de um cotidiano de trabalho [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5163/tde-07122009-172659/
    • Vancouver

      Gonçalves RM de A, Lancman S. Estudo das estratégias operatórias desenvolvidas pelos agentes de fiscalização da Zona Azul na relação com os usuários do serviço: subsídios para o aprimoramento de um cotidiano de trabalho [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5163/tde-07122009-172659/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020