Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Estado nutricional de órfãos por aids ou homicídios residentes no município de São Paulo (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: BRONHARA, BRUNA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • DOI: 10.11606/D.6.2009.tde-31082009-133600
  • Subjects: CRIANÇAS; ORFÃOS; ESTADO NUTRICIONAL; ANTROPOMETRIA; SÍNDROME DE IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: O excesso de peso ocorreu em 19 por cento e 20 por cento das crianças e adolescentes, respectivamente. A análise hierárquica indicou ausência de efeito das variáveis relacionadas à orfandade sobre o IMC ou a altura; o principal determinante do estado nutricional foi de natureza econômica. Conclusão Órfãos por aids ou homicídios de São Paulo apresentaram estado nutricional semelhante e majoritariamente influenciado pela situação econômica. O perfil nutricional identificado no grupo, caracterizado pelo excesso de peso, sugere que órfãos de São Paulo não apresentam riscos adicionais decorrentes da orfandade.Introdução A orfandade pode trazer conseqüências importantes para as condições de vida das crianças. Na África subsaariana, por exemplo, órfãos tem apresentado maiores riscos de desnutrição em relação aos não-órfãos. No Brasil, não há relatos sobre as relações entre variáveis relacionadas à orfandade e o estado nutricional de crianças. Objetivos Avaliar o estado nutricional de órfãos por aids ou homicídios residentes em São Paulo e estimar a associação de índices nutricionais com variáveis relacionadas à orfandade. Métodos - Estudo transversal de base domiciliar que utilizou amostra representativa de 484 indivíduos de 5 a 14 anos que perderam um ou ambos os pais durante os anos de 2000 e 2004 devido à aids ou homicídios no município de São Paulo. A avaliação nutricional foi feita com o índice de massa corporal-para-idade e da altura-para-idade. A associação entre índices nutricionais e variáveis relacionadas à orfandade foi estimada em análise hierárquica, com uso de modelo de regressão linear múltiplo. Resultados Órfãos por aids ou homicídios diferiram quanto às características da orfandade e à idade média. As condições econômicas, domiciliares, o estado de saúde e o estado nutricional foram semelhantes entre os grupos. O déficit de IMC ocorreu em 1,3 por cento das crianças abaixo de 10 anos e em 2,1 por cento dos adolescentes. O déficit de altura ocorreu em 0,7 por cento das vii crianças e em 4,0 por cento dos adolescentes.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.08.2009
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/D.6.2009.tde-31082009-133600 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRONHARA, Bruna; CONDE, Wolney Lisbôa. Estado nutricional de órfãos por aids ou homicídios residentes no município de São Paulo. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/D.6.2009.tde-31082009-133600 > DOI: 10.11606/D.6.2009.tde-31082009-133600.
    • APA

      Bronhara, B., & Conde, W. L. (2009). Estado nutricional de órfãos por aids ou homicídios residentes no município de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/D.6.2009.tde-31082009-133600
    • NLM

      Bronhara B, Conde WL. Estado nutricional de órfãos por aids ou homicídios residentes no município de São Paulo [Internet]. 2009 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2009.tde-31082009-133600
    • Vancouver

      Bronhara B, Conde WL. Estado nutricional de órfãos por aids ou homicídios residentes no município de São Paulo [Internet]. 2009 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2009.tde-31082009-133600

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021