Exportar registro bibliográfico

Caracterização da capacidade pulmonar nos detentos de duas penitenciárias da cidade de Guarulhos - SP (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: FRAIA, VANESSA FIGUEIREDO - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • Subjects: PULMÃO (CAPACIDADE;AVALIAÇÃO); TESTES DE FUNÇÃO RESPIRATÓRIA; FISIOTERAPIA; INSUFICIÊNCIA RESPIRATÓRIA (DIAGNÓSTICO)
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Os distúrbios ventilatórios decorrente do comprometimento pulmonar da tuberculose ainda é incerto. A importância da tuberculose na população carcerária é motivo de preocupação mundial. As condições precárias de confinamento favorecem tanto a evolução da infecção para doença, como a sua transmissão. Mesmo antes da prisão, muitos detentos estão expostos a fatores de alto risco para a doença, como desnutrição, higiene escassa, aglomeração de pessoas, residência com pouca ventilação. Objetivo: Estudar a função pulmonar através da espirometria em uma amostra de detentos de duas penitenciárias do município de Guarulhos. Metodologia: Estudo descritivo realizado em duas penitenciárias no município de Guarulhos no período de março de 2008 a maio de 2008. Este estudo fez parte do projeto de pesquisa: A Tuberculose no sistema prisional estudo em duas penitenciárias da cidade de Guarulhos SP, com o objetivo de avaliar diferentes métodos de busca de casos de tuberculose pulmonar, neste sentido foi realizado, aproveitando a população, uma avaliação da capacidade pulmonar através da espirometria. Após a realização do questionário e exames previsto no estudo principal, os detentos que relatavam história de tuberculose no passado ou atualmente, algum comprometimento respiratório, foram indicados para realizar o exame de espirometria. Resultados: Dos 2.436 presos foram indicados 629 indivíduos, 486 não conseguiram realizar a espirometria ,sendo que 143 foram incluídos noestudo. A população estudada constitui-se de homens com a idade media de 34 anos. Cerca de 55,2 por cento da população estudada está em regime fechado há mais de 12 meses. Dos indivíduos que relataram tuberculose no passado, 40,9 por cento apresentaram resultado espirométrico restritivo. Os que relataram doenças pulmonares 22,9 por cento apresentaram resultado espirométrico restritivo. Conclusão: Apesar ) de muitos detentos apresentarem resultado espirometrico normal, foi identificado que 38,9 por cento dos detentos que relataram doença pulmonar apresentam distúrbio ventilatório. A descoberta do distúrbio ventilatório apresentado pelo preso é de grande importância, pois, deste modo pode ser iniciado o tratamento de doenças respiratórias, melhora dos sintomas e da qualidade de vida desta população.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.08.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRAIA, Vanessa Figueiredo; NOGUEIRA, Pericles Alves. Caracterização da capacidade pulmonar nos detentos de duas penitenciárias da cidade de Guarulhos - SP. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-28082009-160556/ >.
    • APA

      Fraia, V. F., & Nogueira, P. A. (2009). Caracterização da capacidade pulmonar nos detentos de duas penitenciárias da cidade de Guarulhos - SP. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-28082009-160556/
    • NLM

      Fraia VF, Nogueira PA. Caracterização da capacidade pulmonar nos detentos de duas penitenciárias da cidade de Guarulhos - SP [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-28082009-160556/
    • Vancouver

      Fraia VF, Nogueira PA. Caracterização da capacidade pulmonar nos detentos de duas penitenciárias da cidade de Guarulhos - SP [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6132/tde-28082009-160556/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020