Exportar registro bibliográfico

Destanização e armazenamento refrigerado de caqui 'Rama Forte' em função da época de colheita (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: VITTI, DANIELA CRISTINA CLEMENTE - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LAN
  • Subjects: ARMAZENAGEM DE ALIMENTOS; CAQUI; CONSERVAÇÃO DE ALIMENTOS PELO FRIO; MATURAÇÃO VEGETAL; PÓS-COLHEITA
  • Language: Português
  • Abstract: O caqui Rama Forte representa, aproximadamente 60% da produção brasileira. No entanto, é uma cultivar que ainda apresenta problemas de comercialização e conservação pós-colheita. Os frutos desta cultivar pertencem ao grupo de polinização variável, o que significa dizer que, na ausência de sementes, os frutos preservam a adstringência mesmo quando maduros, necessitando, portanto, de um processo artificial para a remoção da adstringência. Dentro deste contexto, o objetivo do trabalho foi determinar os melhores tratamentos utilizando o etanol e o CO2 como agentes destanizadores dos frutos colhidos no início, meados e final da safra. Caquis Rama Forte foram colhidos em pomar comercial, em três épocas distintas nas safras de 2005/2006 e 2006/2007. A safra 2005/2006 visou determinar os melhores tratamentos utilizando-se 70% e 80% de CO2 por 12 e 18 horas e etanol, por 6 e 12 horas. Na safra 2006/2007 os melhores tratamentos obtidos na safra anterior foram repetidos e, adiconalmente, os frutos foram mantidos sob refrigeração por 30, 60 e 90 dias. Ao saírem da condição refrigerada, os frutos permaneceram em condições de comercialização simulada por até 16 dias. Os resultados foram submetidos à análise de erro do desvio padrão. As diferenças entre dois tratamentos maior que a soma de dois desvios padrões foram consideradas significativas. Os frutos de meados e final de safra apresentam-se em um estádio de maturação mais avançado, diminuindo a vida de prateleira dos frutosdevido à menor firmeza destes. Frutos armazenados por 30, 60 ou 90 dias à 1ºC, devem ser comercializados em, no máximo dois dias após a saída da condição refrigerada. A remoção da adstringência com 70% de CO2/12 horas é parcial quando os frutos são mantidos em temperatura ambiente, mas é eficiente após o armazenamento refrigerado, com vida de prateleira de, no máximo 2 dias.O vapor de etanol é, sem dúvida, o ) melhor tratamento para a remoção da adstringência de caquis Rama Forte. No entanto, a dificuldade operacional do método exige maiores investimentos em pesquisa buscando alternativas como por exemplo, o desenvolvimento de saches liberadores de etanol dentro de embalagens.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.09.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VITTI, Daniela Cristina Clemente; KLUGE, Ricardo Alfredo. Destanização e armazenamento refrigerado de caqui 'Rama Forte' em função da época de colheita. 2009.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-09092009-092728/ >.
    • APA

      Vitti, D. C. C., & Kluge, R. A. (2009). Destanização e armazenamento refrigerado de caqui 'Rama Forte' em função da época de colheita. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-09092009-092728/
    • NLM

      Vitti DCC, Kluge RA. Destanização e armazenamento refrigerado de caqui 'Rama Forte' em função da época de colheita [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-09092009-092728/
    • Vancouver

      Vitti DCC, Kluge RA. Destanização e armazenamento refrigerado de caqui 'Rama Forte' em função da época de colheita [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11144/tde-09092009-092728/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021