Exportar registro bibliográfico

Utilização de sensores biológicos baseados em células de resposta imune no estudo da atividade antialérgica de substâncias naturais (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated author: VALERI, FABIANA CRISTINA BONILHA - FCFRP
  • School: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 602
  • Subjects: IMUNIDADE; CÉLULAS; ALÉRGENOS; PRODUTOS NATURAIS (USO;IMUNOLOGIA;RESULTADOS)
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho foram investigadas a atividade antialérgica de extratos, ou substâncias isoladas, obtidos de fontes naturais. Para isso foi utilizado o sistema biossensor baseado em mastócitos os quais liberam a enzima 'beta'-hexosaminidase usada como marcador da degranulação. Para algumas substâncias naturais da classe dos flavonóides (quercetina-Qc e rutina-Rt) e ácidos polifenólicos (ácido dimetoxicinâmico-Dm e ácido cafeico-Ct), os ensaios biológicos foram conduzidos na presença de 'beta'-ciclodextrina ('beta'-CD) a fim de estudar a eficiência do ensaio biológico e o efeito de complexação na atividade antialérgica. Inicialmente, foram investigadas, as propriedades espectroscópicas destes flavonóides e ácidos polifenólicos, na ausência, e presença de 'beta'-CD. As mudanças nos espectros de absorção e fluorescência, em presença de 'beta'-CD, mostraram que ocorre a associação dos fármacos com a 'beta'-CD. Assim, as constantes de incorporação (Kc) foram determinadas pelo método de Higuchi e Connors e os resultados mostraram maior incorporação da Qc (Kc = 172 'M POT. -1') na cavidade da 'beta'-CD quando comparada a Rt (Kc = 139 'M POT. -1'). No caso dos polifenóis, Dm mostrou incorporação maior em relação ao Cf, com valores de Kc iguais a 718 e 278 'M POT. -1', respectivamente. Os valores de Kc foram considerados apropriados para a aplicação de compostos de inclusão como agentes terapêuticos. Assim, os complexos de inclusão sólidos, foram preparados por umaapaptação do método da co-evaporação e caracterizados por Análise Termogravimétrica (TGA), Análise Térmica Diferencial (DTA), Calorimetria Diferencial de Varredura (DSC), espectroscopia na região do Infravermelho (FTIR) e Ressonância Magnética Nuclear de Prótons ('ANTPOT. 1 H'-RMN). O parâmetro físico-químico para interação hidrofóbica (log P) foi determinado para os flavonóides e acidos polifenólicos e os resultados indicaram que a hidrofobicidade seguiu a ) seguinte ordem: Dm > Cf > Qc > Rt. Os complexos de inclusão foram mais eficazes para inibir a liberação da 'beta'-hexosaminidase do que os fármacos na forma livre. A atividade anti- alérgica da Qc livre ('IC IND. 50'= 5,1 'mü'M) mostrou um aumento de oito vezes quando complexada com a 'beta'-CD ('IC IND. 50'= 0,62 'mü'M). Um aumento da atividade foi observado, também, para os complexos RT/'beta'-CD, Cf/'beta'-CD e Dm/'beta'-CD. Este efeito foi mais forte para os compostos com maior hidrofobicidade. A atividade antialérgica das substâncais naturais livres provenientes de várias classes de plantas tais como flavonóides, ácidos polifenólicos, terpenos, alcalóides e iridóides foi, também, investigada. Os flavonóides tais como quercetina ('IC IND. 50'= 5,1 'mü'M), 7- metil quercetina ('IC IND. 50'= 0,62 'mü'M), caempferol-3-glicosideo ('IC IND. 50'= 6,7 'mü'M) and 4'-O-(6"- trans-p-coumaroil)-'beta'-D-glicopyranosil okanina ('IC IND. 50'= 5,8 'mü'M) mostraram a maior atividade antialérgica comparadosao fumarato de cetotifeno ('IC IND. 50'= 15,1 'mü'M). Os extratos provenientes de diversas espécies de plantas tais como Bidhens sulphurea, Bidhens gardneri, Bidhens graveolens, Mikania parodii Cabrera e Mikania pilosa Baker foram, também, investigados. Os resultados mostraram maior atividade para o extrato de Bidhens obtido de acetato de etila. Este extrato é rico em derivados metilados de quercetina os quais exibiram forte atividade antialérgica quando utilizados no ensaio biológico como substância isolada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.05.2009
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VALERI, Fabiana Cristina Bonilha; NAAL, Rose Mary Zumstein Georgetto. Utilização de sensores biológicos baseados em células de resposta imune no estudo da atividade antialérgica de substâncias naturais. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60138/tde-28052009-153502/ >.
    • APA

      Valeri, F. C. B., & Naal, R. M. Z. G. (2009). Utilização de sensores biológicos baseados em células de resposta imune no estudo da atividade antialérgica de substâncias naturais. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60138/tde-28052009-153502/
    • NLM

      Valeri FCB, Naal RMZG. Utilização de sensores biológicos baseados em células de resposta imune no estudo da atividade antialérgica de substâncias naturais [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60138/tde-28052009-153502/
    • Vancouver

      Valeri FCB, Naal RMZG. Utilização de sensores biológicos baseados em células de resposta imune no estudo da atividade antialérgica de substâncias naturais [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/60/60138/tde-28052009-153502/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020