Exportar registro bibliográfico

Exemplo e desengano: defesa da mulher na obra de María de Zayas (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: SCHARDONG, ROSANGELA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Subjects: PERSONAGENS; LITERATURA ESPANHOLA; MULHERES
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese tem a preocupação de examinar as diferenças e similaridades entre as Novelas amorosas y ejemplares (1637) e sua segunda parte, Desengaños amorosos (1647). Também busca elucidar a conexão entre os inflamados discursos que denunciam os constructos culturais que sustentam a superioridade do homem e a inferioridade da mulher e o trágico fim das personagens femininas de Desengaños amorosos. Ainda, analisar como se organiza e apresenta a defesa da mulher, traço marcante das coletâneas, que foi discutida pela crítica do século XX a partir das diretrizes do feminismo. Apoiando-se nos tratados de arte poética vigentes no século XVII, nos tratados de conduta, nas doutrinas filosóficas, políticas e religiosas que norteavam as práticas sociais e as artes do período, esta pesquisa mostra os aspectos que distinguem e, concomitantemente, unem as duas coletâneas. Com este suporte, distingue a função dos discursos de moldura e dos contos, assinalando sua coerência. Além disso, demonstra que a defesa da mulher se expressa por meio do elogio à virtude e o vitupério dos vícios, de acordo com os padrões éticos e religiosos da Contra Reforma, mas também em consonância com as reivindicações das mulheres da Espanha seiscentista. Mediante a análise da moldura e de dois contos de cada coletânea, a tese faz notar a complexa organização estrutural da obra ao indicar como o significado de cada conto se enriquece quando perfilado aos demais de sua coletânea e, sucessivamente, quando se somamNovelas e Desengaños. Tal disposição revela que a obra de Zayas segue um projeto de unidade. Seu cuidadoso planejamento e diligente execução tornam patente que a escritora compete com a invenção de seus contemporâneos, com vistas a granjear a autorização da escrita feminina e o consecutivo ingresso da mulher no círculo dos autores profissionais. Confirmando as freqüentes denúncias de Zayas sobre a ) depreciação da mulher nas belas letras da primeira metade do século XVII, a tese propõe que a contista faz de sua obra uma réplica ao difundido modelo das pícaras, celestinas e cortesãs. Conseqüentemente, ao representar mulheres que são exemplo de virtude e homens que são motivo de desengano, por causa de seus vícios, a engenhosa autora inverte os paradigmas e incita o leitor a rejeitar a generalizada difamação da mulher, apresentando-lhe persuasivas razões para respeitá-la e dignificá-la.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.03.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SCHARDONG, Rosângela; VIEIRA, Maria Augusta da Costa. Exemplo e desengano: defesa da mulher na obra de María de Zayas. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-26082009-011212/ >.
    • APA

      Schardong, R., & Vieira, M. A. da C. (2009). Exemplo e desengano: defesa da mulher na obra de María de Zayas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-26082009-011212/
    • NLM

      Schardong R, Vieira MA da C. Exemplo e desengano: defesa da mulher na obra de María de Zayas [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-26082009-011212/
    • Vancouver

      Schardong R, Vieira MA da C. Exemplo e desengano: defesa da mulher na obra de María de Zayas [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8145/tde-26082009-011212/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020