Exportar registro bibliográfico

Transtorno de ansiedade social: comportamentos de segurança e evitação (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated author: BURATO, KÁTIA REGINA SOARES DA SILVA - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: TRANSTORNOS DA ANSIEDADE; ESCALA DE ADEQUAÇÃO SOCIAL; PRECISÃO DO TESTE; MECANISMOS COMPORTAMENTAIS
  • Language: Português
  • Abstract: O Transtorno de Ansiedade Social (TAS) tem sido considerado um problema de saúde pública, dada a sua alta incidência em pessoas jovens, com curso crônico, associado a comorbidades. Observa-se uma escassez de instrumentos validados que abordem as áreas específicas de dificuldades dos portadores do transtorno, contemplando a identificação dos comportamentos de segurança e de evitação frente às situações sociais. Objetivou-se avaliar a associação do TAS a aspectos cognitivos, relacionados a comportamentos de segurança e evitação frente às situações sociais, por meio da adaptação e validação para o Brasil das escalas de auto-avaliação: Escala de Comportamento de Segurança na Ansiedade Social (ECSAS) e Escala de Ansiedade e Evitação em Situações de Desempenho e Interação Social (EAESDIS). Procedeu-se a avaliação de 155 estudantes universitários procedentes da Universidade de São Paulo -Campus de Ribeirão Preto e da Universidade de Franca, com idade de 17 a 35 anos, de ambos os sexos, sem história prévia de tratamento, distribuídos em dois grupos: G1- Casos de TAS, com 80 sujeitos e G2- Não Casos, com 75 participantes (sujeitos), sistematicamente avaliados pelo Inventario de Fobia Social (SPIN) e pela Entrevista Clínica Estruturada para o DSM-IV (SCID) como recursos de confirmação diagnóstica do TAS. As avaliações ocorreram em pequenos grupos e os participantes responderam por escrito as escalas de ansiedade. Os dados foram quantificados e tratados por procedimentosestatísticos adotando-se o nível de significância p <0,05. A ECSAS apresentou consistência interna medida pelo Alfa de Cronbach de 0,92, e a EAESDIS apresentou um valor de alfa de 0,98. Quanto a fidedignidade avaliada pelo teste e reteste, com um intervalo de duas semanas, com base no Kappa ponderado, foram atingidos excelentes níveis de concordância e estabilidade temporal para ambas as escalas (ECSAS = 0,73; EAESDIS = 0,75). A ECSAS, quanto a validade discriminante, avaliada pela curva ROC apresentou indicadores positivos, com valores de sensibilidade de 0,81 e de especificidade de 0,76 para a nota de corte 36, apresentou ainda bons indicadores de validade convergente com o SPIN (0,60), mostrando associação dos padrões de comportamentos de segurança às manifestações sintomáticas do TAS. A EAESDIS apresentou também boa validade discriminante com valores, respectivamente para as subescalas de Ansiedade e de Evitação, com sensibilidade de 0,85 e 0,81 e especificidade de 0,88 e 0,80, para as notas de corte 91 e 79. Conclui-se que as escalas estudadas apresentaram bons indicadores psicométricos, contribuindo para a avaliação sistemática dos padrões de comportamentos de segurança e evitativos associados ao TAS, o que pode contribuir para maior precisão diagnóstica e instrumentar programas de intervenção para portadores de TAS
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BURATO, Kátia Regina Soares da Silva; LOUREIRO, Sonia Regina. Transtorno de ansiedade social: comportamentos de segurança e evitação. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Burato, K. R. S. da S., & Loureiro, S. R. (2009). Transtorno de ansiedade social: comportamentos de segurança e evitação. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Burato KRS da S, Loureiro SR. Transtorno de ansiedade social: comportamentos de segurança e evitação. 2009 ;
    • Vancouver

      Burato KRS da S, Loureiro SR. Transtorno de ansiedade social: comportamentos de segurança e evitação. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020