Exportar registro bibliográfico

Estudos de síntese, relação estrutura-atividade e modo de ação de peptídeos antimicrobianos ricos em glicina (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: RUIZ, CESAR MANUEL REMUZGO - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QBQ
  • Subjects: PEPTÍDEOS (SÍNTESE); RELAÇÕES ESTRUTURA-ATIVIDADE; AGENTES ANTIMICROBIANOS; BIOQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: Proteínas e peptídeos ricos em glicina são encontrados em animais e plantas. Alguns apresentam atividade antimicrobiana. Como pouco se sabe sobre suas síntese, estrutura, relação estrutura-atividade e mecanismo de ação, tais tópicos foram estudados para os antimicrobianos cheferina I (Chef l) e/ou fragmentos da acantoscurrina (acanto). No que se refere à Chef I (´67,9 POR CENTO´ de Gly, ´28,6 POR CENTO´ de His, seis repetições do motivo GGH e uma Tyr), sintetizamos, purificamos, caracterizamos e testamos Chef I, os seus análogos truncados na(s) porção(ções) N- ou/e C-terminal (is) e os análogos amidados Chef Ia, Chef I (3-28)a e Chef I (6-28)a. Os três últimos e Chef I foram igualmente ativos frente a cepas de C. albicans (MIC: 12,5 `MICROMOL`M), mas não frente a cepas de C. tropicalis e S. cerevisiae. A amidação tornou o análogo Chef I (3-28)a mais ativo frente a tais cepas. Enquanto as atividades antifúngicas de Chef Ia e de seus análogos foram reduzidas pelo aumento da força iônica, elas foram aumentadas em presença de ZnC`lIND.5`-10 `MICROMOL.A` 62,5 `MICROMOL`M a Chef Ia foi letal para C. albicans MDM8. Ela foi pouco hemolítica em tampão fosfato contendo NaCI ou em tampão glicose fosfato isotônico (100 `MICROMOL`M: ´18 POR CENTO´). Análises por microscopia confocal e citometria de fluxo revelaram que Chef Ia marcada com carboxifluoresceína (FAM-Chef Ia) foi rapidamente internalizada nas células de C. albicans MDM8, um processo que não foi afetadopela força iônica do meio e se mostrou dependente de ATP e temperatura. Quanto aos fragmentos da acanto (proteína com 132 aminoácidos, ´73 POR CENTO´ de Gly e 3 repetições de uma seqüência de 26 aminoácidos), estudamos a síntese em fase sólida dos fragmentos N- e C-terminais, acanto (1-22) e acanto (101-132), respectivamente, e da porção repetitiva, acanto (23-48). Apesar de uma predição teórica não ter indicado alto potencial de agregação para a acanto, ) as sínteses foram problemáticas: a ocorrência de aminoacilações incompletas repetitivas a ´60 GRAUS CENTIGRADOS´ usando diferentes estratégias, resinas, reagentes acopladores, solventes e sais caotrópicos sugeriram a ocorrência de agregação das cadeias peptídicas em crescimento sobre as resinas O uso da resina CLEAR amida permitiu a obtenção do acanto (113-132). Tentativa de síntese convergente em fase sólida não foi bem sucedida. Espectros Raman das peptidil-resinas obtidas confirmaram a presença de estruturas em folha ´BETA´ pregueada. Somente o uso combinado de resina CLEAR amida, ´60 GRAUS CENTIGRADOS´, ´20 POR CENTO´ DMSO/NMP, Fmoc-(Fmoc-Hmb)Gly-OH e LiCI permitiram a síntese total de acanto (101-132). O uso da resina CLEAR ácida permitiu a síntese do fragmento acanto (23-48) e acanto (10-22), esta última durante a tentativa de síntese do acanto (1-22). Os rendimentos foram baixissimos e os espectros Raman das peptidil-resinas correspondentes também indicaram a formação de folhas ´BETA´ pregueadas. Estesresultados indicaram que Chef I (3-28) a mimetiza Chef l que Chef la é um fungicida potente com alvo intracelular, que a internalização do seu análogo marcado na célula de levedura ocorra via endocitose, que a Chef Ia tem potencial para agir como uma droga de uso tópico e que os fragmentos de acanto são "difficult sequences" típicas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.02.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REMUZGO RUIZ, Cesar Manuel; MIRANDA, Maria Terêsa Machini de. Estudos de síntese, relação estrutura-atividade e modo de ação de peptídeos antimicrobianos ricos em glicina. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-18072016-110317/pt-br.php >.
    • APA

      Remuzgo Ruiz, C. M., & Miranda, M. T. M. de. (2009). Estudos de síntese, relação estrutura-atividade e modo de ação de peptídeos antimicrobianos ricos em glicina. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-18072016-110317/pt-br.php
    • NLM

      Remuzgo Ruiz CM, Miranda MTM de. Estudos de síntese, relação estrutura-atividade e modo de ação de peptídeos antimicrobianos ricos em glicina [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-18072016-110317/pt-br.php
    • Vancouver

      Remuzgo Ruiz CM, Miranda MTM de. Estudos de síntese, relação estrutura-atividade e modo de ação de peptídeos antimicrobianos ricos em glicina [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-18072016-110317/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021