Exportar registro bibliográfico

Recursos comunicativos utilizados por bebês em interação com diferentes interlocutores, durante processo de adaptação à creche: um estudo de caso (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: ELMÔR, LARISSA DE NEGREIROS RIBEIRO - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: BEBÊS; CRECHES; INTERAÇÃO SOCIAL (COMPORTAMENTO SOCIAL); PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO
  • Language: Português
  • Abstract: Estudos têm analisado, apreendido e explicitado o modo como ocorrem as interações nas diferentes idades, particularmente nos primeiros anos de vida, considerando-as com distintos interlocutores e relacionando-as ao desenvolvimento global do indivíduo. Dentro dos estudos sobre interação, a linguagem tem sido vista como de fundamental importância nas relações entre os parceiros e ao processo de desenvolvimento da criança. Porém, as pesquisas diferem em pressupostos quando abordam diferentes interlocutores (mãe, babá, irmã, educadoras, coetâneos e o câmera). São também, fragmentados, investigando a criança com um interlocutor específico, sem considerar o conjunto das relações. Ainda, a noção de linguagem varia, a maioria das pesquisas restringindo-a ao aspecto verbal, enquanto que algumas poucas contemplam também diferentes formas de expressão e apreensão de significações (incluindo-se aí a linguagem não-verbal). Frente a esse panorama, definiu-se por investigar, a partir de um estudo de caso, quais recursos comunicativos e lingüísticos (verbais e não-verbais) são utilizados por um bebê no primeiro ano de vida, na interação com distintos interlocutores (mãe, babá, irmã, educadoras, coetâneos e o câmera).O material empírico utilizado foi obtido do Banco de Dados do Projeto Integrado Processos de adaptação de bebês à creche, que acompanhou a adaptação de 21 bebês (4-14 meses) em creche universitária. Após aprovação do CEP, um bebê foi selecionado(Iraídes - 09 meses ao ingresso), sendo realizada a transcrição microgenética de todos seus episódios interativos no primeiro mês de freqüência à creche. A análise foi guiada pela perspectiva teórico-metodológica da Rede de Significações e pela noção de campo interativo. Através da seleção dos episódios interativos com diferentes parceiros, foram construídos quadros verificando quais os recursos comunicativos utilizados e se existiriam semelhanças ou diferenças na (continua) ) interação do bebê com os distintos interlocutores. Os resultados apontaram vinte (20) diferentes tipos de recursos comunicativos do bebê com os distintos interlocutores, aqueles ocorrendo de forma diferente entre os diferentes parceiros de interação. Os recursos integrados foram os de maior freqüência na interação de Iraídes com todos os interlocutores, participando desta categoria 39 diferentes recursos comunicativos. A educadora Mirtes obteve o maior número de diferentes tipos de recursos comunicativos (12), enquanto que a educadora Branca obteve 05 recursos. A mãe obteve segundo lugar no número de recursos comunicativos (10). O bebê Isa foi o interlocutor que obteve a menor ocorrência nos diferentes recursos comunicativos (03), enquanto que o bebê Linda obteve um número maior (06) de distintos recursos. A babá obteve 08, a irmã Dalila 06 e o câmera José 05 diferentes recursos. Os resultados demonstram a multiplicidade e a riqueza dos tipos e das características de recursos comunicativos que obebê pode fazer uso na relação com diferentes interlocutores. Os bebês podem iniciar um episódio interativo e existe a possibilidade dos bebês terem parceiros preferenciais nas suas interações, tanto nos de mesma idade como com os adultos. Entende-se a importância da creche nas relações e coloca-se a necessidade de novos estudos que destaquem os recursos comunicativos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.03.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ELMÔR, Larissa de Negreiros Ribeiro; AMORIM, Katia de Souza. Recursos comunicativos utilizados por bebês em interação com diferentes interlocutores, durante processo de adaptação à creche: um estudo de caso. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-24042009-093312/ >.
    • APA

      Elmôr, L. de N. R., & Amorim, K. de S. (2009). Recursos comunicativos utilizados por bebês em interação com diferentes interlocutores, durante processo de adaptação à creche: um estudo de caso. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-24042009-093312/
    • NLM

      Elmôr L de NR, Amorim K de S. Recursos comunicativos utilizados por bebês em interação com diferentes interlocutores, durante processo de adaptação à creche: um estudo de caso [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-24042009-093312/
    • Vancouver

      Elmôr L de NR, Amorim K de S. Recursos comunicativos utilizados por bebês em interação com diferentes interlocutores, durante processo de adaptação à creche: um estudo de caso [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59137/tde-24042009-093312/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021