Exportar registro bibliográfico

A mesquita de Ibn Tülün como representação da herança arquitetônica árabe: estudo da Mesquita de Ibn Tülün como monumento-síntese das características árabes e das transferências de elementos arquitetônicos entre os povos não árabes (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated author: ROCCO, LYGIA FERREIRA - FFLCH
  • School: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLO
  • Subjects: MESQUITAS (ARQUITETURA;ASPECTOS CULTURAIS); ISLAMISMO (ARQUITETURA)
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho trata de mostrar que nem todos os árabes eram nômades e que mesmo estes desempenharam um importante papel no desenvolvimento social, cultural e artístico da antiguidade pré-islâmica, pois foram eles os responsáveis pela transmissão e conhecimentos existentes na época, e que colocaram em contato os pontos mais distantes desta vasta região. Também os árabes sedentários participaram ativamente do processo político desta área durante o império romano, parta, e mais tarde sassânida e bizantino. A pesquisa acentua o fato da arquitetura do Islão ter sido formada a partir das tradições regionais das populações islamizadas e de sua obediência e entendimento de um livro religioso, o Alcorão, que regulou a sociedade, e em decorrência a sua maneira de ver o mundo e de se relacionar com o espaço e com as expressões artísticas. A análise dos eventos históricos, das técnicas construtivas e dos edifícios da região estudada [os paises do norte da África, e do Oriente Médio (península arábica, crescente fértil, Irã)] tratou de demonstrar o desdobramento que teve na construção do edifício escolhido como representativo da arquitetura árabe e que foi o objeto de análise, a mesquita de Ibn Tülün. Além disso, mostra que durante o primeiro período da expansão islâmica, houve uma intensa fusão de culturas. Esta situação fez com que toda esta região sob a expansão mulçumana se comportasse de maneira similar a da Antigüidade, ou seja, como uma ponte onde trafegaram correntes depensamento e cultura entre os extremos, o Ocidente e o Oriente Médio. Esta foi uma época de intensa urbanização e fundação de novas cidades e é dentro deste processo de fusão de culturas, que as cidades vão se construindo e dentro delas, os seus principais edifícios, no caso da cidade muçulmana, a mesquita
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.02.2009
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROCCO, Lygia Ferreira; JAROUCHE, Mamede Mustafa. A mesquita de Ibn Tülün como representação da herança arquitetônica árabe: estudo da Mesquita de Ibn Tülün como monumento-síntese das características árabes e das transferências de elementos arquitetônicos entre os povos não árabes. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8154/tde-23042009-122942/ >.
    • APA

      Rocco, L. F., & Jarouche, M. M. (2009). A mesquita de Ibn Tülün como representação da herança arquitetônica árabe: estudo da Mesquita de Ibn Tülün como monumento-síntese das características árabes e das transferências de elementos arquitetônicos entre os povos não árabes. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8154/tde-23042009-122942/
    • NLM

      Rocco LF, Jarouche MM. A mesquita de Ibn Tülün como representação da herança arquitetônica árabe: estudo da Mesquita de Ibn Tülün como monumento-síntese das características árabes e das transferências de elementos arquitetônicos entre os povos não árabes [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8154/tde-23042009-122942/
    • Vancouver

      Rocco LF, Jarouche MM. A mesquita de Ibn Tülün como representação da herança arquitetônica árabe: estudo da Mesquita de Ibn Tülün como monumento-síntese das características árabes e das transferências de elementos arquitetônicos entre os povos não árabes [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8154/tde-23042009-122942/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020