Exportar registro bibliográfico

Febre maculosa brasileira: avaliação dos dados da vigilância e descrição do perfil clínico e epidemiológico no Estado de São Paulo, 2003 a 2007 (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: ARAÚJO, DANIEL CARDOSO DE ALMEIDA E - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HEP
  • Subjects: FEBRE MACULOSA (TRANSMISSÃO;TRATAMENTO); VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA; EPIDEMIOLOGIA (MÉTODOS); RICKETTSIOSES EM ANIMAIS; INFORMAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A febre maculosa brasileira (FMB) é uma doença infecciosa febril aguda, de elevada letalidade, causada pela bactéria Rickettsia rickettsii, transmitida por carrapato do gênero Amblyomma. Desde a implantação da notificação obrigatória da doença em 2001, não foi avaliada a qualidade dos dados da vigilância, nem o impacto da implantação do sistema Sinan/Net e digitação completa da ficha de investigação em 2007. Também são poucos os estudos sobre a sua epidemiologia. Objetivo: Avaliar a qualidade das informações e levantar alguns atributos do sistema de vigilância epidemiológica da FMB e descrever os casos confirmados/compatíveis notificados ao Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo (CVE/SP), entre 2003 e 2007. Métodos: Estudo descritivo de série de casos, por meio da análise dos casos notificados em três bases de dados: Sinan/W, Casos/CVE e Sinan/Net. Foram analisados dois intervalos: 2003-2006, e 2007. Avaliados critérios de qualidade dos dados (duplicidade, completude e consistência), valor preditivo positivo e oportunidade do sistema de vigilância. Os casos confirmados/compatíveis forma descritos segundo as variáveis disponíveis em todo o período. Resultados: A duplicidade da notificação ocorreu nos dois períodos, o VPP diminuiu em todo o período, em decorrência do aumento das notificações, mas piora na confirmação/descarte dos casos (2007 apresentou 30 por cento com classificação final ignorada). A completude das variáveis foimelhor em 2007, especialmente dos casos confirmados/compatíveis, quando comparados com os casos descartados/ignorados. Os casos confirmados/compatíveis do Sina/Net (2007) apresentaram uma melhora global na completude quando comparados com os casos confirmados/compatíveis do Casos/CVE (2003-2006). ) As inconsistências foram pouco freqüentes, porém o sistema mantinha-se inoportuno no encerramento dos casos. Em 2007 observou-se uma melhora na cobertura de exames de sorologia, mas uma piora na realização de imunohistoquímica e um aumento na confirmação por critério cínico epidemiológico. Muitos casos corfirmados/compatíveis não cumpriam a definição de caso suspeito. O número de casos apresentou tendência crescente, com pico em 2005, e diminui nos anos seguintes, com a maioria ocorrendo entre junho e novembro. Os casos predominaram no sexo masculino, cor branca, provenientes da zona urbana. Os sintomas mais comuns foram febre, cefaléia e mialgia, com pouco menos da metade dos casos apresentando exantema. O contato com carrapato foi presente em cerca de 90 por cento dos casos, observando um predomínio das atividades recreativas como fator de exposição ao vetor. A letalidade da doença foi de 30 por cento. A faixa etária de maior incidência foi a de 5 a 9 anos e a letalidade mais elevada nos extremos de idade. Mais da metade dos casos iniciaram o tratamento após cinco dias do início dos sintomas. A doença apresenta-se amplamente distribuída no Estado. As regiões maisacometidas são as de Campinas, Piracicaba, Santo André e Mogi das Cruzes. Conclusões: A vigilância da FMB é fundamental para o conhecimento da epidemiologia da doença. O sistema Sinan/Net trouxe avanços importantes, mas ainda insuficientes para impactar na qualidade dos dados da vigilância de FMB, com alguns pontos necessitando de solução, com a baixa aceitabilidade ao sistema, refletindo a baixa completude e oportunidade de encerramento da investigação, além da diminuição da confirmação laboratorial dos casos. Necessita-se ampliar o tratamento oportuno com antibiótico efetivo e reduzir a gravidade e conseqüentemente a elevada letalidade da doença no Estado de São Paulo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.02.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARAÚJO, Daniel Cardoso de Almeida; GALATI, Eunice Aparecida Bianchi. Febre maculosa brasileira: avaliação dos dados da vigilância e descrição do perfil clínico e epidemiológico no Estado de São Paulo, 2003 a 2007. 2009.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.
    • APA

      Araújo, D. C. de A., & Galati, E. A. B. (2009). Febre maculosa brasileira: avaliação dos dados da vigilância e descrição do perfil clínico e epidemiológico no Estado de São Paulo, 2003 a 2007. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Araújo DC de A, Galati EAB. Febre maculosa brasileira: avaliação dos dados da vigilância e descrição do perfil clínico e epidemiológico no Estado de São Paulo, 2003 a 2007. 2009 ;
    • Vancouver

      Araújo DC de A, Galati EAB. Febre maculosa brasileira: avaliação dos dados da vigilância e descrição do perfil clínico e epidemiológico no Estado de São Paulo, 2003 a 2007. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021