Exportar registro bibliográfico

Recobrimento radicular: avaliação clínica de nova abordagem terapêutica regenerativa em humanos. Acompanhamento longitudinal de 9 meses (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: FERRAZ, BRUNA FIDENCIO RAHAL - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: RETRAÇÃO GENGIVAL; ENXERTO ÓSSEO; ENXERTO CONJUNTIVO; REGENERAÇÃO TECIDUAL GUIADA
  • Language: Português
  • Abstract: As diferentes técnicas cirúrgicas propostas para tratamento das recessões mostram resultados variáveis, especialmente em áreas de recessão profunda. O objetivo deste estudo é avaliar a efetividade da técnica de enxerto ósseo em neoformação (EONF) como uma alternativa de tratamento em recessões classe I ou II de Miller. Para tanto, foram selecionados indivíduos de ambos os sexos com idade entre 18 e 45 anos apresentando pelo menos um sítio com recessão >4mm e que apresentassem ao menos um dente condenado ou rebordo desdentado que possibilitasse confecção de alvéolo cirúrgico, (grupo teste). Os pacientes foram divididos em dois grupos, de acordo com o tratamento: teste (n=35)- técnica de EONF e controle (n=30)- enxerto de tecido conjuntivo subepitelial (ETCS). O exame clínico foi realizado por examinador único na visita inicial e 1, 3, 6 e 9 meses pós-operatórios, de acordo com as medidas de profundidade de sondagem (PS), nível de inserção clínica (NIC), recessão da margem gengival (R), sangramento à sondagem (SS), índice de placa (IPl) e quantidade de gengiva ceratinizada (GC). Os resultados obtidos demonstraram que as duas técnicas cirúrgicas são igualmente efetivas, segundo o teste t, na diminuição da recessão (-2,77±0,16 x -3,20±0,24; p=0,14). O EONF foi mais efetivo na redução da PS (-0,85±0,10 x 0,24±0,12; p<0,0001), SS (-0,65±0,21 x 0,00±0,13; p=0,01), IPl (-1,57±0,25 x 0,43±0,31; p<0,0001) e no ganho de inserção clínica (-3,74±0,26 x -2,95±0,19;p=0,024), mas menos efetivo no aumento da faixa de gengiva ceratinizada (0,48±0,13 x 1,43±0,17, p<0,0001). A análise intra-grupo mostrou que houve melhora significativa de todos os parâmetros clínicos (p<0,05; ANOVA) nos grupos teste e controle, com exceção do IPI (p=0,577), SS (p=2,19) e PS (p=1,05) no grupo controle. Esses resultados sugerem que a técnica de granulação óssea é efetiva para o tratamento de recessões gengivais profundas, possibilitando ) redução da recessão e, possivelmente, regeneração dos tecidos periodontais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.03.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERRAZ, Bruna Fidêncio Rahal; SANT'ANA, Adriana Campos Passanezi. Recobrimento radicular: avaliação clínica de nova abordagem terapêutica regenerativa em humanos. Acompanhamento longitudinal de 9 meses. 2009.Universidade de São Paulo, Bauru, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-02042009-144133/ >.
    • APA

      Ferraz, B. F. R., & Sant'Ana, A. C. P. (2009). Recobrimento radicular: avaliação clínica de nova abordagem terapêutica regenerativa em humanos. Acompanhamento longitudinal de 9 meses. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-02042009-144133/
    • NLM

      Ferraz BFR, Sant'Ana ACP. Recobrimento radicular: avaliação clínica de nova abordagem terapêutica regenerativa em humanos. Acompanhamento longitudinal de 9 meses [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-02042009-144133/
    • Vancouver

      Ferraz BFR, Sant'Ana ACP. Recobrimento radicular: avaliação clínica de nova abordagem terapêutica regenerativa em humanos. Acompanhamento longitudinal de 9 meses [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-02042009-144133/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021