Exportar registro bibliográfico

Distribuição do fósforo em sedimentos sub-superficiais no sistema estuarino-lagunar de Cananéia- Iguape, estado de São Paulo, Brasil (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: WEBER, ROLF ROLAND - IO ; SARAIVA, ELISABETE DE SANTIS BRAGA DA GRACA - IO
  • Unidades: IO; IO
  • Subjects: ECOSSISTEMAS ESTUARINOS; SEDIMENTOLOGIA MARINHA; FÓSFORO
  • Language: Português
  • Abstract: O fósforo (P) é um elemento essencial nos processos de ciclagem biogeoquímica na Terra e para a síntese orgânica no meio marinho. Seu processo global de ciclagem inicia-se através do intemperismo sobre minerais fosfatados de rochas continentais e, também, através de fontes antrópicas, pela lixiviação por ação pluvial dos solos de terras cultivadas e emissão de esgotos, atingindo posteriormente cursos fluviais que transferem o P para os ambientes costeiros e oceanos. O objetivo deste trabalho está na avaliação da distribuição, composição, variabilidade temporal e origem da matéria orgânica sedimentar (MO) através da análise do P sedimentar (total (PT), inorgânico (PI) e orgânico (PO) e da razão elementar C/P, na coluna sedimentar rasa do sistema estuarino-lagunar de Cananéia-Iguape (SP). Esse sistema costeiro tropical (25ºS/48ºW), sob regime de micro-marés, é composto por 4 corpos d'água lagunares e duas desembocaduras, formados a partir das variações do nível do mar Quaternárias, ocorrendo o predomínio de sedimentos arenosos (75%) em seus domínios. O Rio Ribeira de Iguape (bacia hidrográfica: 23.350km2), através do canal artificial do Valo Grande, é o maior contribuinte de material terrígeno e nutrientes para os canais lagunares, principalmente em sua porção norte e central. A porção sul do sistema, por sua vez, é associada a uma pequena bacia (1.340 km2). Foram coletados, em nov/2007, com um mini-multiple corer, 15 testemunhos rasos com comprimentos que variaramentre 18-46 cm, sub-amostrados de 2-2cm (242 amostras). Os teores de PT, PI e PO foram determinados pelo método de ignição e as concentrações de P foram medidas pelo método colorimétrico. Realizou-se a análise granulométrica dos sedimentos através de técnicas de pipetagem e peneiramento. Os teores de PI, PT e PO variaram de 0,9-38,9&#61549;Mol/g, de 1,2-43,5&#61549;Mol/g e 0,2-7,6&#61549;Mol/g, respectivamente. Os conteúdos encontrados podem ser considerados de de médios a baixos, sendo similares a outros ambientes estuarinos tropicais do globo e aos teores observados nos sedimentos superficiais da região. A distribuição espacial dos teores dos sedimentos sub-superficiais indicou uma diferenciação entre as amostras do norte, centro e sul do sistema. Maiores conteúdos de PT e principalmente PI, são encontrados nos testemunhos, de caráter síltico-arenoso, localizados ao norte, em especial, os da desembocadura e proximidades do Valo Grande, possivelmente derivados da forte influência terrígena e consequente aporte de fósforo detrítico continental, trazido pelo rio Ribeira. Os valores da razão C/P para estas amostras foram, no geral, >200, indicativos de matéria orgânica de origem mista tendendo a continental. Nos 2 testemunhos arenosos da porção central são observados teores muito baixos de P, decorrente da forte ação hidrodinâmica de correntes junto ao fundo, não permitindo a preservação da MO no local. Nos 7 testemunhos da porção sul, de caráterareno-síltico, são observados teores de PI e PT menores, em geral, abaixo de 15&#61549;Mol/g e teores de PO maiores (4-6&#61549;Mol/g) que no norte do sistema (2&#61549;Mol/g). Isto gerou uma diferenciação nos percentuais de PO, em relação ao PT, entre o setor norte (10-20%) e sul, que apresentou um balanço mais equitativo entre o PO e PI (30-40%). Para o sul isto se deve à menor influência fluvial, somada à introdução de MO derivada da produção primária e de restos vegetais abundantes. Os valores mais baixos de C/P para estas amostras ao sul (<200) não são somente influenciados pela deposição de MO de origem marinha, cuja influência é maior nesta porção do sistema, mas também pelas condições redutoras que permitiriam uma preservação diferencial do PO nos sedimentos, além de promover um enriquecimento de biomassa bacteriana. Este padrão de distribuição é concordante com os outros parâmetros da MO estudados para os sedimentos superficiais da região, indicando a maior influência de material terrígeno ao norte, e marinho ao sul. Temporalmente os teores de P também apresentaram variações significativas para o norte do sistema, com enriquecimento de PI em direção ao topo dos 6 testemunhos. O testemunho do Valo Grande apresentou valores de PI 7x maiores que na base, e os demais acima de 2,5x, além do aumento de C e N. O que se relaciona ao aumento da influência continental e assoreamento que o sistema vem sofrendo desde 1850, quando se deu o início do estabelecimento doaporte direto de cerca de 70% das águas do rio Ribeira, devido à construção do Valo Grande. 2 testemunhos ao sul também apresentam este enriquecimento, mas os demais, incluindo- se os da porção central, apresentaram variações mais sutis ou pouca diferenciação dos parâmetros entre a base e o topo. Estas variações relacionam-se a um pequeno incremento de MO (C, N, P) nas amostras de topo, que pode ser um reflexo do processo de eutrofização que a região sofreu nos últimos anos devido ao aumento no aporte de nutrientes efetuado pelo rio Ribeira.
  • Imprenta:
  • Conference title: Simpósio Brasileiro de Oceanografia

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARCELLOS, Roberto Lima; TORRES, Janaina Lopes Rodrigues; BRAGA, Elisabete de Santis; WEBER, Rolf Roland. Distribuição do fósforo em sedimentos sub-superficiais no sistema estuarino-lagunar de Cananéia- Iguape, estado de São Paulo, Brasil. Anais.. São Paulo: Iousp, 2008.
    • APA

      Barcellos, R. L., Torres, J. L. R., Braga, E. de S., & Weber, R. R. (2008). Distribuição do fósforo em sedimentos sub-superficiais no sistema estuarino-lagunar de Cananéia- Iguape, estado de São Paulo, Brasil. In . São Paulo: Iousp.
    • NLM

      Barcellos RL, Torres JLR, Braga E de S, Weber RR. Distribuição do fósforo em sedimentos sub-superficiais no sistema estuarino-lagunar de Cananéia- Iguape, estado de São Paulo, Brasil. 2008 ;
    • Vancouver

      Barcellos RL, Torres JLR, Braga E de S, Weber RR. Distribuição do fósforo em sedimentos sub-superficiais no sistema estuarino-lagunar de Cananéia- Iguape, estado de São Paulo, Brasil. 2008 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020