Exportar registro bibliográfico

Avaliação da higiene oral com clorexidina a 0,12% sobre a incidência de pneumonia nosocomial em crianças no pós-operatório de cirurgia cardíaca (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: JÁCOMO, ANDRÉA DUARTE NASCIMENTO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPP
  • Subjects: CARDIOPATIAS CONGÊNITAS; CIRURGIA TORÁCICA; PNEUMONIA
  • Language: Português
  • Abstract: As infecções hospitalares representam uma causa importante de aumento da morbimortalidade e dos custos da internação de pacientes, sobretudo daqueles internados em centros de terapia intensiva (CTI) no pós-operatório de cirurgia cardíaca. A análise do perfil epidemiológico das infecções hospitalares no CTI-Pediátrico (CTI-P) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP-USP) demonstrou incidência de pneumonia hospitalar de 31,1 % e taxa de pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV) de 23,81 por 1000 ventiladores-dia, no grupo submetido à cirurgia cardíaca, no período de março de 2004 a fevereiro de 2005. O conhecimento da fisiopatologia e dos fatores de risco associados à pneumonia permite o direcionamento de medidas visando a redução desses índices. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da higiene oral com solução de clorexidina a 0,12% na incidência de pneumonia hospitalar e PAV nas crianças submetidas à cirurgia cardíaca. Foi realizado estudo de intervenção, prospectivo, com alocação aleatória de pacientes, controlado com placebo e duplo-cego, com 160 pacientes, no período de fevereiro de 2006 a fevereiro de 2008. Foram coletados dados demográficos e clínicos, e calculadas a incidência de pneumonia hospitalar e PAV. A análise estatística dos dados foi feita utilizando-se o programa SPSS 13.0. As variáveis contínuas foram comparadas pelo teste U de Mann- Whitney e as variáveiscategóricas, pelo teste do Chi quadrado, com p<0,05 significativo. A análise dos dados demográficos demonstrou que os grupos eram homogêneos, quanto à distribuição do peso, idade, sexo e escores de gravidade. Não foi observada diferença entre o tempo de internação pré-cirúrgica entre os grupos (p=0,63). Não houve diferença estatística quanto ao tempo de cirurgia, de anestesia, de circulação extracorpórea (CEC) e de parada anóxica nos dois grupos. A incidência de pneumonia hospitalar foi de 29,8% no grupo clorexidina e 24,6% no grupo placebo (p=0,46), e a incidência de PA V foi de 18,3% no grupo estudo e 15% no grupo controle (p=0,57). Não houve diferença quanto ao tempo de intubação e quanto à necessidade de reintubação (p=0,34 : e p=0,37, respectivamente) nos dois grupos. Não se observou diferença, também, quanto ao intervalo entre internação hospitalar e o diagnóstico de PNM, e o tempo entre cirurgia e diagnóstico de PNM entre os grupos (p=0,63 e 0,10, respectivamente). Não foi observada diferença quanto ao tempo de uso de antimicrobianos e de drogas vasoativas entre os grupos (p=0,77 e 0,16, respectivamente). Quanto ao tempo de internação no CTI-P, a mediana foi de 3 e 4 dias, nos grupos clorexidina e placebo, respectivamente (p=0,53). Também não houve diferença quanto ao tempo de internação hospitalar, com mediana de 12 e 11 dias para os grupos estudo e controle, respectivamente (p=0,67). A análise da mortalidade de 28 dias entre osgrupos também não evidenciou diferença estatística entre eles, sendo 5,7% no grupo clorexidina e 6,8% no grupo placebo (p=0,77). Em conclusão, no presente estudo, o uso da higiene oral com solução de clorexidina a 0,12% não se mostrou eficaz na redução da incidência de pneumonia nosocomial em crianças submetidas à cirurgia cardíaca
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.02.2009

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      JÁCOMO, Andréa Duarte Nascimento; CARLOTTI, Ana Paula de Carvalho Panzeri. Avaliação da higiene oral com clorexidina a 0,12% sobre a incidência de pneumonia nosocomial em crianças no pós-operatório de cirurgia cardíaca. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009.
    • APA

      Jácomo, A. D. N., & Carlotti, A. P. de C. P. (2009). Avaliação da higiene oral com clorexidina a 0,12% sobre a incidência de pneumonia nosocomial em crianças no pós-operatório de cirurgia cardíaca. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Jácomo ADN, Carlotti AP de CP. Avaliação da higiene oral com clorexidina a 0,12% sobre a incidência de pneumonia nosocomial em crianças no pós-operatório de cirurgia cardíaca. 2009 ;
    • Vancouver

      Jácomo ADN, Carlotti AP de CP. Avaliação da higiene oral com clorexidina a 0,12% sobre a incidência de pneumonia nosocomial em crianças no pós-operatório de cirurgia cardíaca. 2009 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021