Exportar registro bibliográfico

Avaliação de progênies F<sub>2:4</sub> de uma população de soja e perspectivas de melhoramento (2009)

  • Authors:
  • Autor USP: FARIAS, GUILHERME JOSE - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: CORRELAÇÃO GENÉTICA E AMBIENTAL; MELHORAMENTO GENÉTICO VEGETAL; POPULAÇÕES VEGETAIS; SELEÇÃO GENÉTICA; SOJA; VARIAÇÃO GENÉTICA EM PLANTAS
  • Language: Português
  • Abstract: Os objetivos do presente trabalho compreenderam a obtenção de estimativas de parâmetros genéticos e fenotípicos, como variâncias, correlações, herdabilidades e respostas à seleção, em uma população derivada do cruzamento entre as linhagens 14 e 56 de soja, contrastantes para produção de grãos. Os tratamentos consistiram de uma amostra de 89 progênies F2:4 e 11 testemunhas comerciais, que foram avaliadas em experimentos em látice triplo 10 x 10 no ano agrícola 2007/08 na Estação Experimental Anhembi do Departamento de Genética da ESALQ/USP, localizada em Piracicaba, SP. A parcela experimental foi constituída de uma linha de 2 m de comprimento, espaçada de 0,5 m, contendo 35 plantas no estande ideal, após o desbaste. Foram avaliados os seguintes caracteres: dias até a maturação (DM), altura das plantas na maturação (AM), acamamento (AC) e produção de grãos (PG). As estimativas dos coeficientes de herdabilidade entre médias de progênies foram: elevada para AM (77,4%), mediana para DM (32,3%) e baixas para AC e PG (18,1% e 19,0%, respectivamente). Entretanto, os coeficientes de variação genética foram muito baixos para DM e AC (0,37% e 1,61%, respectivamente), e mais altos para AM e PG (6,80% e 6,83%, respectivamente), indicando a ocorrência de pouca variabilidade genética para DM e AC e, conseqüentemente, poucas perspectivas de resposta à seleção. O coeficiente de correlação genética entre AM e PG foi alto (rg = 0,67), indicando que a seleção para PG deve resultarem plantas mais altas. A estimativa da resposta com seleção das 20% progênies mais produtivas foi de 4,5%, e a resposta correlacionada em AM foi de 3,8%. Devido à baixa variabilidade genética, as respostas correlacionadas esperadas em DM e AC foram muito pequenas. Os resultados indicam que a população pode ser melhorada somente para os caracteres PG e AM.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.01.2009
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FARIAS, Guilherme José; GERALDI, Isaias Olivio. Avaliação de progênies F<sub>2:4</sub> de uma população de soja e perspectivas de melhoramento. 2009.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-10022009-103719/ >.
    • APA

      Farias, G. J., & Geraldi, I. O. (2009). Avaliação de progênies F<sub>2:4</sub> de uma população de soja e perspectivas de melhoramento. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-10022009-103719/
    • NLM

      Farias GJ, Geraldi IO. Avaliação de progênies F<sub>2:4</sub> de uma população de soja e perspectivas de melhoramento [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-10022009-103719/
    • Vancouver

      Farias GJ, Geraldi IO. Avaliação de progênies F<sub>2:4</sub> de uma população de soja e perspectivas de melhoramento [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-10022009-103719/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021