Exportar registro bibliográfico

Influência de uma solução experimental para higiene de próteses totais nas propriedades físicas e mecânicas de resinas acrílicas, dentes artificiais e reembasadores resilientes (2009)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PISANI, MARINA XAVIER - FORP
  • Unidades: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: RESINAS ACRÍLICAS; HIGIENIZADORES DE DENTADURA
  • Language: Português
  • Abstract: Este estudo avaliou resinas acrílicas convencional (RAC) e de microondas (RAM), dentes [- artificiais (Vipi, Biolux e Trilux) e reembasadores resilientes (Elite Soft e Mucopren Soft) após imersão em 3 soluções: água; hipoclorito de sódio 1 %; solução experimental de mamona 2%. A dureza Knoop e cor das resinas e, dureza ShoreA, rugosidade e cor dos reembasadores foram analisadas em espécimes circulares (15x3mm); rugosidade e resistência à flexão das resinas, em espécimes. retangulares (l0x65x3mm). A dureza e rugosidade dos. dentes foram mensuradas na face palatina planificada e a cor, na face vestibular. Dez espécies de cada matenal foram distribuídos, aleatoriamente, nos 3 grupos. Os ensaios foram realizados após obtenção dos espécimes e após 15 e 183 dias, simulando 3 anos de imersões diárias de 20 minutos e 18 meses de imersões diárias de 8 horas, respectivamente. Para os reembasadores, adicionou-se um período de 7 dias (18 meses de imersões diárias de 20 minutos). As variações ('delta'T) dos dados foram submetidas aos Testes Anova e Tukey (p=0,05). Para 'delta' 'T POT.15' a RAC sofreu maior variação de dureza quando imersa em água (p=0,00); a RAM, após imersão em mamona (p=0,00). A .mamona causou a maior variação na rugosidade (P=0,015). Todas as soluções aumentaram a rugosidade. A variação de cor não foi significante (p=24,46). O hipoclorito reduziu a resistência à flexão (P=0,37). Após 'delta' 'T POT.183', o hipoclorito e a mamona diminuíram a dureza da RAC(P=0,00). A RAM sofreu a maior variação de rugosidade (P=0,01). O hipoclorito aumentou a rugosidade dos espécimes, porém não houve diferença entre as soluções (P=2,84). A RAC apresentou maior variação de cor após imersão em mamona (P=0,214). O hipoclorito e a mamona promoveram menor resistência à flexão para RAM (P=0,89). Em 'delta' 'T POT. 15', o dente Vipi sofreu aumento da dureza ,. e o Biolux, a maior variação (P=1,85). A mamona causou a maior variação e aumento da dureza [, (P=0,02). Para rugosidade, a mamona causou menor variação, mas com aumento (P=0,54). O dente Biolux apresentou a menor variação de cor (P=0,01). Após 'delta' 'T POT.183',, o Trilux sofreu a maior variação na dureza (P=0,00). A mamona promoveu a menor variação (p=1,03). O dente Biolux apresentou a maior variação e aumento de rugosidade (P=0,001). Não houve variação de cor (P=16,45). Após 'delta' 'T POT.7', para dureza, Mucopren apresentou maior variação (P=0,05); não houve diferença entre as soluções (P=4 7 ,28). A imersão em água e hipoclorito aumentou a rugosidade do Mucopren. A solução de mamona causou a menor variação nesta propriedade (P=1,57). Para a cor, o Elite sofreu a maior variação quando imerso em hipoclorito; para o Mucopren, a mamona , causou a maior variação (P=0,00). Em 'delta' 'T POT.15', os materiais sofreram aumento da dureza. A maior variação ocorreu com Mucopren associado ao hipoclorito. (P=0,33). O Elite sofreu maior variação darugosidade que o Mucopren. Entre as soluções, não houve diferença eStatística (P=2,32). Os materiais sofreram maior variação de cor após imersão em hipoclorito (P= 0,00). Após 'delta' 'T POT.183', a maior variação de dureza foi apresentada pelo Mucopren em todas as soluções. A mamona gerou a menor variação (P=2,64). Para a rugosidade, o Elite apresentou maior variação (P= 3,72). O hipoclorito e a mamona tiveram comportamentos semelhantes (P=0,024). O hipoclorito causou maior alteração de cor para o Elite e a mamona, para o Mucopren (P=0,001). A solução experimental promoveu variação das propriedades dos materiais avaliados, não apresentando superioridade em relação ao controle positivo, independente do período de imersão
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.01.2009
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PISANI, Marina Xavier; SILVA, Cláudia Helena Lovato de. Influência de uma solução experimental para higiene de próteses totais nas propriedades físicas e mecânicas de resinas acrílicas, dentes artificiais e reembasadores resilientes. 2009.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2009. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58131/tde-19022009-165405/ >.
    • APA

      Pisani, M. X., & Silva, C. H. L. de. (2009). Influência de uma solução experimental para higiene de próteses totais nas propriedades físicas e mecânicas de resinas acrílicas, dentes artificiais e reembasadores resilientes. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58131/tde-19022009-165405/
    • NLM

      Pisani MX, Silva CHL de. Influência de uma solução experimental para higiene de próteses totais nas propriedades físicas e mecânicas de resinas acrílicas, dentes artificiais e reembasadores resilientes [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58131/tde-19022009-165405/
    • Vancouver

      Pisani MX, Silva CHL de. Influência de uma solução experimental para higiene de próteses totais nas propriedades físicas e mecânicas de resinas acrílicas, dentes artificiais e reembasadores resilientes [Internet]. 2009 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58131/tde-19022009-165405/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020