Exportar registro bibliográfico

Estrutura de assembléias de Vespoidea solitários (Insecta: Hymenoptera) ao longo de um gradiente altitudinal no Parque Estadual da serra do Mar, São Paulo, Brasil (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, EDUARDO FERNANDO DOS - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: INSECTA; HYMENOPTERA; VESPIDAE
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo foi desenvolvido com o objetivo de investigar: 1. o comportamento da diversidade de Vespoidea solitários ao longo do gradiente altitudinal no Morro do Cuzcuzeiro, no Parque Estadual da Serra do Mar, São Paulo, Brasil, 2. a presença de padrões de diversidade ao longo do gradiente, 3. verificar a influência das condições climáticas no estabelecimento destes padrões e 4. acessar a organização estrutural da assembléia de Vespoidea solitários ao longo do gradiente adotado. Para isso, adotei seis cotas altitudinais (50, 200, 400, 600, 800 e 1000 metros acima do nível do mar) na face sudoeste do Morro do Cuscuzeiro, coletando 12 amostras de Malaise e 24 de Möericke (pratos amarelos) em cada uma delas, ao longo de dois transectos de 200m cada e em duas estações chuvosas consecutivas, a primeria em 2006 e a segunda em 2007, distanciados respectivamente a 100 e a 50 metros um do outro. Cada amostra de Malaise foi agrupada aleatoriamente a duas amostras de Möericke para compor 12 unidades amostrais para cada cota. As 72 unidades amostrais compuseram então a matriz de dados que serviu de base para as análises de diversidade. A riqueza observada em todo o gradiente foi de 76 espécies solitárias de Vespoidea (incluindo as espécies de Mutillidae, Pompilidae, Rhopalosomatidae, Scoliidae, Tiphiidae e Vespidae Eumeninae). Contudo, apenas a assembléia de Tiphiidae apresentou padrão com pico de riqueza nas altitudes intermediárias (cota dos 600 metros dealtitude). Os modelos regressivos utilizados não foram capazes de explicar o comportamento da diversidade de espécies ao longo do gradiente dos outros dois grupos investigados (Vespoidea solitários e Pompilidae). De acordo com o teste de &quotMid-domain&quot, o padrão de riqueza observado para a fauna de Tiphiidae não é influenciado pelos fatores climáticos. Considerando os níveis taxonômicos mais altos da ) classificação de Vespoidea, a diversidade taxonômica total foi maior na cota dos 50 metros, que no caso apresentou distinção taxonômica apenas marginalmente significativa. A única cota que apresentou distinção significativa foi a dos 600 metros, sugerindo uma assembléia estruturada de forma distinta das demais cotas do gradiente. Estes resultados e os valores de diversidade de Shannon indicam que esta região do gradiente é aquela que apresenta maior complexidade. Para descrever a organização estrutural da assembléia de Vespoidea solitários ao longo do gradiente altitudinal em questão, utilizei metodologias de análises que empregam índices de similaridade, considerando a posição relativa das espécies solitárias de Vespoidea no espaço geográfico que define o gradiente em questão. Os resultados destas análises sugerem que a assembléia de Vespoidea solitários está estruturada num continnum e que a variação na composição faunística ao longo do gradiente varia de maneira significativa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.11.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Eduardo Fernando dos; BRANDAO, Carlos Roberto Ferreira. Estrutura de assembléias de Vespoidea solitários (Insecta: Hymenoptera) ao longo de um gradiente altitudinal no Parque Estadual da serra do Mar, São Paulo, Brasil. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-02022009-152133/ >.
    • APA

      Santos, E. F. dos, & Brandao, C. R. F. (2008). Estrutura de assembléias de Vespoidea solitários (Insecta: Hymenoptera) ao longo de um gradiente altitudinal no Parque Estadual da serra do Mar, São Paulo, Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-02022009-152133/
    • NLM

      Santos EF dos, Brandao CRF. Estrutura de assembléias de Vespoidea solitários (Insecta: Hymenoptera) ao longo de um gradiente altitudinal no Parque Estadual da serra do Mar, São Paulo, Brasil [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-02022009-152133/
    • Vancouver

      Santos EF dos, Brandao CRF. Estrutura de assembléias de Vespoidea solitários (Insecta: Hymenoptera) ao longo de um gradiente altitudinal no Parque Estadual da serra do Mar, São Paulo, Brasil [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41133/tde-02022009-152133/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021