Exportar registro bibliográfico

Ecoeficiência de sistemas de tratamento de água à luz dos conceitos da ISO 14.001 (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: ACHON, CALI LAGUNA - EESC
  • Unidade: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: TRATAMENTO DE ÁGUA (SISTEMAS); GESTÃO AMBIENTAL; NORMAS TÉCNICAS
  • Language: Português
  • Abstract: No Brasil, existem milhares de sistemas de tratamento de água, que devem atender à critérios amplos de qualidade, que possibilite atender padrões e legislação pertinentes ao tipo de processo produtivo: antes, durante e após o processo. O sistema de tratamento de água (SiTA) angloba o manancial de abastecimento, seu entorno, a captação e adução de água bruta, a estação de tratamento de água (ETA), a água tratada, o sistema de gestão, a estação de tratamento de resíduos (ETR) e os recursos humanos. No desenvolvimento desse trabalho foram realizadas visitas técnicas em cinco SiTAs, que possuem tecnologia de ciclo completo, a fim de avaliar o funcionamento destes, segundo os princípios da ecoeficiência. Para tanto, foram levantados dados atuais e históricos (10 anos), que forneceram subsídios para elaboração e aplicação de 39 indicadores, agrupados em oito princípios da ecoeficiência. Neste trabalho foi proposto também um sistema de gestão ambiental (SGA) para SiTAs, que foi baseado nos preceitos da norma ISO 14.001. Os resultados desta pesquisa apontam para a necessidade de uma nova visão, do intitulado Sistema de Tratamento de Água (SiTA), para que os projetos executivos futuros considerem impreterivelmente o manancial, o entorno e os resíduos gerados durante o processo de tratamento de água. Além disso, os cinco sistemas analisados não foram considerados ecoeficientes, seja em relação aos resultados dos indicadores aplicados, aspectos gerenciais, análise qualitativae quantitativa, ausência de dados ou ineficiência na sua sistematização. Ademais, o planejamento, estabelecimento de metas e aplicação de indicadores em diferentes sistemas são fundamentais para o estabelecimento de um parâmetro balizador, que poderá ser seguido por outros sistemas de tratamento de água. Assim, é imperiosa a necessidade da implantação de um modelo de gestão, que forneça subsídios para geração e padronização dos dados nesse tipo de sistema
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.10.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ACHON, Cali Laguna; CORDEIRO, João Sérgio. Ecoeficiência de sistemas de tratamento de água à luz dos conceitos da ISO 14.001. 2008.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-08012009-172718/ >.
    • APA

      Achon, C. L., & Cordeiro, J. S. (2008). Ecoeficiência de sistemas de tratamento de água à luz dos conceitos da ISO 14.001. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-08012009-172718/
    • NLM

      Achon CL, Cordeiro JS. Ecoeficiência de sistemas de tratamento de água à luz dos conceitos da ISO 14.001 [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-08012009-172718/
    • Vancouver

      Achon CL, Cordeiro JS. Ecoeficiência de sistemas de tratamento de água à luz dos conceitos da ISO 14.001 [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-08012009-172718/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021