Exportar registro bibliográfico

A postura de Eça de Queirós à luz dos debates educacionais em Portugal (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUSA, MARCIO JEAN FIALHO DE - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: DEBATE (EDUCAÇÃO); EDUCAÇÃO (CRÍTICA)
  • Language: Português
  • Abstract: A questão educacional sempre foi pauta de debate nos meios intelectuais portugueses do século XVIII e XIX. Muitos se propuseram a escrever e refletir sobre a educação formal em Portugal, porém pouco foi feito de modo efetivo, o que praticamente obrigava os intelectuais a repensarem as suas teorias. Na segunda metade do século XVIII, Ribeiro Sanches e Luís António Verney apresentaram algumas propostas que, posteriormente, acabaram também sendo utilizadas pelo Marquês de Pombal. No século XIX, muitos outros intelectuais colaboraram com esse debate: Mousinho de Albuquerque, Passos Manuel, Castilho, Garrett e Herculano, são alguns dos nomes que trouxeram a questão à baila na primeira metade dos Oitocentos. Já, a partir das Conferências do Casino Lisbonense (1871), outra geração entra em cena e continua fomentando o debate sobre os problemas da instrução pública em Portugal. É a partir dessa época que Eça de Queirós registra seu contributo ao discursar, na famosa conferência, sobre o novo estilo literário e, em seguida, disponibilizar nAs Farpas as suas críticas à educação portuguesa, críticas essas que ganham uma nova roupagem no texto Um gênio que era um santo Antero de Quental, em O francesismo, e nas crônicas destinadas à Gazeta de Notícias do Rio de Janeiro. Dessa forma, o objetivo dessa dissertação é, fundamentalmente, analisar os textos de imprensa de Eça de Queirós que têm como temática primordial a questão educacional portuguesa. Para isso, utilizaremos comocorpus de análise os textos reunidos em Uma Campanha Alegre (das Farpas: 1871 1872), publicado em dois tomos, 1890-1891; passaremos, ainda, pelos textos publicados na Gazeta de Notícias do Rio de Janeiro (1880 -1897), posteriormente recolhidos nas coletâneas Cartas de Inglaterra (1905), Ecos de Paris (1905), Cartas Familiares e Bilhetes de Paris (1907), além do Prefácio às Aquarelas de João Diniz (1880) e o ) texto O francesismo, artigo encontrado entre os papéis do escritor, publicado postumamente em 1912 em Ultimas Páginas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.11.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUSA, Marcio Jean Fialho de; BUENO, Aparecida de Fatima. A postura de Eça de Queirós à luz dos debates educacionais em Portugal. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-04022009-164221/ >.
    • APA

      Sousa, M. J. F. de, & Bueno, A. de F. (2008). A postura de Eça de Queirós à luz dos debates educacionais em Portugal. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-04022009-164221/
    • NLM

      Sousa MJF de, Bueno A de F. A postura de Eça de Queirós à luz dos debates educacionais em Portugal [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-04022009-164221/
    • Vancouver

      Sousa MJF de, Bueno A de F. A postura de Eça de Queirós à luz dos debates educacionais em Portugal [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8150/tde-04022009-164221/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021