Exportar registro bibliográfico

Efeitos da desnutrição protéica precoce e da estimulação ambiental no comportamento exploratório e em parâmetros bioquímicos de poliaminas cerebrais e corticosterona plasmática em ratos (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: CAMPOS, PRISCILA REBOLLO DE - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: DESNUTRIÇÃO PROTEICO-ENERGÉTICA (EFEITOS); ESTIMULAÇÃO TÁTIL; COMPORTAMENTO ANIMAL; PSICOBIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: A desnutrição causa prejuízos para a capacidade funcional do organismo resultando em alterações estruturais, neuroquímicas e comportarnentais durante o desenvolvimento cerebral. O objetivo desse estudo foi investigar os efeitos da desnutrição protéica e da estimulação precoces sobre o comportamento exploratório de ratos nas tábuas de buracos de 4 e 5 furos. Animais de vários grupos, testados ou não na tábua de buracos, tiveram os níveis de poliaminas no estriado e no hipocampo determinados por cromatografia líquida de alta eficiência, e de corticosterona plasmática por radioimunoensaio. A secreção de glicocorticóides pelo córtex da glândula adrenal pode ser alterada em função do estresse nutricional. Ratos expostos a altos níveis de glicocorticóides durante a primeira semana de vida mostram comportamento social alterado e prejuízos em modelos de aprendizagem, então ratos desnutridos (dieta 6% de proteína) e controles (dieta 16% de proteína) foram submetidos a estimulação tátil e testados ou não na tábua de buracos antes de serem sacrificados para a quantificação dos níveis de poliaminas e corticosterona. Os resultados mostraram que a desnutrição diminui, enquanto que a estimulação aumenta a exploração na tábua de buracos. A corticosterona não foi alterada pelo estado nutricional, mas diminuiu com a estimulação e aumentou com o teste. Foi observada uma menor taxa de espermidina/espermina no estriado dos animais testados. Estes dados sugerem queprejuízos no comportamento exploratório de animais podem ser revertidos pela estimulação tátil, entretanto a desnutrição precoce não altera os níveis de corticosterona plasmática ou de poliaminas cerebrais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.12.2008

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMPOS, Priscila Rebollo de; ALMEIDA, Sebastião de Sousa. Efeitos da desnutrição protéica precoce e da estimulação ambiental no comportamento exploratório e em parâmetros bioquímicos de poliaminas cerebrais e corticosterona plasmática em ratos. 2008.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008.
    • APA

      Campos, P. R. de, & Almeida, S. de S. (2008). Efeitos da desnutrição protéica precoce e da estimulação ambiental no comportamento exploratório e em parâmetros bioquímicos de poliaminas cerebrais e corticosterona plasmática em ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Campos PR de, Almeida S de S. Efeitos da desnutrição protéica precoce e da estimulação ambiental no comportamento exploratório e em parâmetros bioquímicos de poliaminas cerebrais e corticosterona plasmática em ratos. 2008 ;
    • Vancouver

      Campos PR de, Almeida S de S. Efeitos da desnutrição protéica precoce e da estimulação ambiental no comportamento exploratório e em parâmetros bioquímicos de poliaminas cerebrais e corticosterona plasmática em ratos. 2008 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021