Exportar registro bibliográfico

Efeitos das drogas antünflamatórias não-esteroidais sobre o epitélio bucal e a capacidade de cicatrização (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: NAKAO, CRISTIANO - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: ANTI-INFLAMATÓRIOS ESTEROIDES; CICATRIZAÇÃO; EPITÉLIO BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: Antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs) são muito utilizados para o alívio da dor. Estudos indicam que I em 7 pacientes com doenças inflamatórias crônicas usam AINEs e que 1 em 5 pessoas usam AINEs para dores agudas. Os AINEs inibem a cicloxigenase (COX-1 e COX-2) ou seletivamente a COX-2, e apesar de sua excelente ação antiinflamatória e analgésica, muitos são os efeitos colaterais. Problemas gastrointestinais (GI) são a queixa mais comum para os AINEs convencionais, que também são associados a apoptose de diferentes tipos celulares. Os COX-2 seletivos apresentam menos problemas GI, mas seu uso tem sido questionado pelo risco de trombose e enfarto do miocárdio. Todos os AINEs parecem interferir no processo de cicatrização, embora os resultados dos estudos realizados apresentem-se conflitantes. Uma vez que os AINEs são utilizados por grande número de pessoas, o objetivo do nosso trabalho foi avaliar os efeitos dessa medicação sobre o tecido epitelial e durante o processo de cicatrização. Ratos Wistar foram tratados diariamente com AINEs convencional (diclofenaco, 3mgiKg) ou um COX-2 seletivo (Celecoxibe, 1mg/Kg) por períodos de 7 e 14 dias. O controle foi feito com animais da mesma idade e peso não submetidos ao tratamento com AINEs. Após 7 dias, em todos os animais, controles e tratados, foram realizadas feridas cirúrgicas (4cm de diâmetro) no dorso depilado, sob anestesia com Tribromoetanol. Foram analisados, histológica e histometricamente,os epitélios da mucosa bucal, e a área de cicatrização (3 e 7 dias pós-cirurgia). Os resultados obtidos foram tabelados para avaliação estatística apropriada. No geral foi possível observar que todos os AINEs provocaram alterações com o seu uso agudo, no entanto para os inibidores seletivos da COX- 2 houve uma tendência à normalização com o uso crônico, não observada com o uso do AINE convencional. Na avaliação da cicatrização foi possível observar que os AINEs ) convencionais provocaram um pequeno atraso no processo de cicatrização, o que não foi observado com o uso de AINE seletivo para COX-2. Foi possível concluir que é necessário cautela em pacientes que fazem uso de AINEs, por provocarem alterações significativas no epitélio bucal, sendo os convencionais os que apresentam alterações mais significativas principalmente a longo prazo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NAKAO, Cristiano; KOMESU, Marilena Chinali. Efeitos das drogas antünflamatórias não-esteroidais sobre o epitélio bucal e a capacidade de cicatrização. 2008.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-29102008-173915/ >.
    • APA

      Nakao, C., & Komesu, M. C. (2008). Efeitos das drogas antünflamatórias não-esteroidais sobre o epitélio bucal e a capacidade de cicatrização. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-29102008-173915/
    • NLM

      Nakao C, Komesu MC. Efeitos das drogas antünflamatórias não-esteroidais sobre o epitélio bucal e a capacidade de cicatrização [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-29102008-173915/
    • Vancouver

      Nakao C, Komesu MC. Efeitos das drogas antünflamatórias não-esteroidais sobre o epitélio bucal e a capacidade de cicatrização [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/58/58137/tde-29102008-173915/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021