Exportar registro bibliográfico

Formulação de doces cremosos a base de frutas com baixo teor de sólidos solúveis e diferentes edulcorantes (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: MARTINI, RICARDO - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LAN
  • Subjects: ADOÇANTES (CONCENTRAÇÃO); ALIMENTOS DIETÉTICOS; DOCES; EDULCORANTE; FRUTAS
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente trabalho foi desenvolver diferentes formulações de doces cremosos com baixo teor de sólidos solúveis, buscando novos produtos que atendam às necessidades das pessoas em dietas de restrição de açúcares, com as mesmas características sensoriais dos doces cremosos com teor elevado de sólidos solúveis. Analisou-se a vida útil destes produtos por monitoramento de componentes físicos, químicos e microbiológicos. As etapas consideradas durante a fase de desenvolvimento do produto foram: formulação; medição e ajuste do pH; medição do teor de sólidos solúveis; concentração; envasamento; resfriamento e armazenamento. Na fase de desenvolvimento de produto foram testados blends dos seguintes edulcorantes: aspartame e acesulfame-K; sacarina, ciclamato e acesulfame-K; sacarina, ciclamato e aspartame; sacarina, ciclamato e esteviosídeo e para as análises sensoriais e testes de vida útil foram utilizados aspartame, acesulfame-K blend de aspartame e acesulfame-K e blend de sacarina e ciclamato. Foram testadas pectinas de baixo teor de metoxilas (BTM) com baixa, média e alta reatividade ao cálcio, utilizando-se dosagem específica de cálcio para cada tipo de pectina. As características sensoriais, analisadas na fase de desenvolvimento de produto foram: doçura, aroma, cor, consistência e impressão global. Foram testadas formulações de doces cremosos diet, de goiaba, laranja, figo, banana, abóbora, mamão, coco e batata-doce. Foram aprovadas formulações degoiaba, laranja e figo para a análise sensorial e testes de vida útil. Nesta etapa, as análises físicas e químicas seguiram a mesma metodologia realizada na fase de desenvolvimento de produto, sendo analisado além de pH e sólidos solúveis; acidez titulável, ratio, viscosidade e coloração. Após a determinação da melhor combinação de edulcorantes e sua dosagem para cada tipo de fruta, através de análise sensorial, ) foi analisada a vida útil em 5 períodos de armazenamento (1, 7, 14, 21 e 28 dias) a 40ºC, sendo realizadas analises microbiológicas para bolores e leveduras, de acordo com a legislação brasileira RDC 12 da ANVISA e contagem de bactérias láticas. Como resultado para a implantação do processamento de doces diet, a melhor formulação foi a seguinte: 75 % de polpa de fruta; a combinação de sacarina e ciclamato, com poder edulcorante equivalente a 200; 15 % de agentes de corpo sorbitol e maltodextrina (1:2); 0,5 % de pectina de baixa reatividade com 198 mg de cálcio livre / grama de pectina para doce de laranja e 0,5 % de pectina de média reatividade com 106 mg de cálcio livre / grama de pectina para os doces de figo; 0,5 % de pectina de alta reatividade com 40 mg de cálcio livre / grama de pectina para os doces de goiaba; 0,1 % de sorbato de potássio para todos os doces, de acordo com a legislação vigente. Os resultados das análises de vida útil demonstram que os produtos desenvolvidos suportam condições extremas de armazenamento por pelo menos 28 dias
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.12.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARTINI, Ricardo; SPOTO, Marta Helena Fillet. Formulação de doces cremosos a base de frutas com baixo teor de sólidos solúveis e diferentes edulcorantes. 2008.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-15122008-152730/ >.
    • APA

      Martini, R., & Spoto, M. H. F. (2008). Formulação de doces cremosos a base de frutas com baixo teor de sólidos solúveis e diferentes edulcorantes. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-15122008-152730/
    • NLM

      Martini R, Spoto MHF. Formulação de doces cremosos a base de frutas com baixo teor de sólidos solúveis e diferentes edulcorantes [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-15122008-152730/
    • Vancouver

      Martini R, Spoto MHF. Formulação de doces cremosos a base de frutas com baixo teor de sólidos solúveis e diferentes edulcorantes [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11141/tde-15122008-152730/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021