Exportar registro bibliográfico

Efeito terapêutico da vacina DNA-Hsp65 em melanoma B16F10 (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated author: SANTOS, GIOVANNA RIBEIRO DOS - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: NEOPLASIAS; DNA; VACINAS; IMUNIDADE
  • Language: Português
  • Abstract: O câncer é um importante problema de saúde pública mundial e uma das causas mais relevantes de morbidade e mortalidade em crianças e adultos. Apesar dos inúmeros progressos no tratamento, incluindo aprimoramentos cirúrgicos, quimioterápicos e radioterápicos, a cura da maior parte das neoplasias ainda depende da identificação precoce da afecção, não sendo, muito freqüentemente, possível após a disseminação metastática da doença. Assim, novas abordagens terapêuticas são continuamente investigadas e dentre elas, a imunoterapia representa uma forma de crescente relevância. Dentre as novas estratégias imunológicas para imunoterapia de tumores, vale a pena ressaltar o uso de imunomoduladores como as proteínas de choque térmico (Hsp). As características das Hsps em facilitar a apresentação de peptídeos tumorais, estimular a secreção de citocinas inflamatórias por células apresentadoras de antígenos e mediar a maturação de células dendríticas, fazem delas excelentes candidatas para o desenvolvimento de vacinas contra o câncer e doenças infecciosas. Nosso grupo vem desenvolvendo uma vacina de DNA (DNA-Hsp65) que se mostrou eficiente na profilaxia e terapia de doenças infecciosas, doenças autoimunes, alergia e câncer. No presente trabalho, decidimos analisar mais detalhadamente, do ponto de vista imunológico, a ação da vacina DNA-Hsp65 em modelo experimental em camundongos inoculados com melanoma B16FI0. Num grupo de animais o DNA-Hsp65 foi inoculado por via intratumoral e nooutro foi feita transferência de células B16FI0 previamente transfectadas com a vacina DNA-Hsp65. A vacina DNA-Hsp65 mostrou capacidade de retardar o desenvolvimento do tumor e aumentar a sobrevida dos animais. Essa atenuação do crescimento tumoral e o aumento da taxa de sobrevivência foram correlacionados com o aumento da porcentagem de linfócitos T CD4 e T CD8 ativados, considerados importante indicador de resposta contra tumores. A vacina também induziu aumento da expressão de moléculas co-estimulatórias na superfície de células dendríticas no sítio tumoral, favorecendo uma apresentação antigênica eficiente num ambiente ativador da resposta imune. Além disso, foi observado aumento significativo da porcentagem de lise específica das células de melanoma B16FI0 mediada por linfócitos T CD8 citotóxicos. Assim sendo, os dados aqui apresentados mostram o potencial antitumoral da vacina DNA-Hsp65 por meio da estimulação da resposta imunológica e ao mesmo tempo abrem perspectivas para estudos futuros que possam aumentar a efetividade dessa vacina no combate a tumores
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.11.2008

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Giovanna Ribeiro dos; SILVA, Célio Lopes; COELHO-CASTELO, Arlete Aparecida Martins. Efeito terapêutico da vacina DNA-Hsp65 em melanoma B16F10. 2008.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008.
    • APA

      Santos, G. R. dos, Silva, C. L., & Coelho-Castelo, A. A. M. (2008). Efeito terapêutico da vacina DNA-Hsp65 em melanoma B16F10. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Santos GR dos, Silva CL, Coelho-Castelo AAM. Efeito terapêutico da vacina DNA-Hsp65 em melanoma B16F10. 2008 ;
    • Vancouver

      Santos GR dos, Silva CL, Coelho-Castelo AAM. Efeito terapêutico da vacina DNA-Hsp65 em melanoma B16F10. 2008 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022