Exportar registro bibliográfico

Os positivistas politécnicos e a (des)construção da maravilhosa cidade: Rio de Janeiro, 1850-1906 (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: CAETANO, RUI CESAR DE ANDRADE - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Subjects: POLÍTICAS PÚBLICAS; POLÍTICA URBANA; SANEAMENTO URBANO; INDUSTRIALIZAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: A evolução do capitalismo ao seu estágio supremo, a universalização das relações sociais capitalistas, implicou em uma ampla transformação da base estrutural dos países periféricos, modificando-lhes a organização social, política e econômica. Esse processo de transformação tem sido comumente denominado de modernização. A modernização pode ser entendida como um conjunto articulado de ações que se desenvolvem nas esferas política, social e econômica, visando dotar o complexo sistêmico que compõe o Estado Nacional, de maior racionalidade e eficiência no que tange aos seus objetivos. Essa racionalidade e eficiência que se expressam através da maior divisão e especialização das funções de todos os setores que compõe o organismo do Estado, é acompanhada pela emergência dos grupos de intelectuais geralmente identificados com os novos e dinâmicos setores produtivos, que inevitavelmente entram em conflito ideológico com a antiga elite intelectual dominante o conflito ideológico é tido como inevitável, porque reflete a luta pela transferência do poder político de uma elite reconhecida como arcaica, para outra considerada moderna. No Rio de Janeiro de meados do século XIX aos primeiros anos do século XX, este conflito revelou-se de forma explícita através das reivindicações dos engenheiros politécnicos, identificados ideologicamente com os interesses industriais nascentes. Nesse sentido, os engenheiros irão defender a reorganização do Estado, que neste trabalho foi estudada em umadas suas características, a reforma urbana da cidade do Rio de Janeiro, então capital do país., o termo reforma aqui empregado, tem um sentido muito )mais amplo do que o termo remodelação, e deve ser compreendido como ruptura com o modelo organizacional sócio-econômico, espacial e político até então dominante. Aspecto mais visível dessa ruptura o saneamento urbano da cidade do Rio de Janeiro, conhecido como Reforma Passos, modificou-lhe profundamente não apenas alguns aspectos fisiográficos, mas toda uma estrutura social e econômica que perdurava desde o período colonial. A velha cidade colonial, entendida como símbolo do atraso, desapareceria, e em seu lugar surgiria a moderna cidade industrial. Conduzida por engenheiros capitalistas e empresários, a Reforma privilegiou demasiadamente os interesses econômicos sem a devida preocupação com a solução dos sérios problemas sociais herdados do império, tendo lhes aumentado em alguns sentidos, a intensidade, como o demonstra a crise de moradia verificada no período, a qual não encontrou solução até os dias atuais. Tendo por referência esta realidade histórica, o objetivo deste trabalho é refletir sobre as representações mentais elaboradas, difundidas e materializadas pelos engenheiros na cidade do Rio de Janeiro entre os anos de 1850 a 1906 e, sobre quais bases foram elas desenvolvidas, visando com este exercício científico, corrigir erros do passado e auxiliar na formulação de políticas públicasurbanas socialmente mais justas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.04.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAETANO, Rui Cesar de Andrade; MOURA, Esmeralda Blanco Bolsonaro de. Os positivistas politécnicos e a (des)construção da maravilhosa cidade: Rio de Janeiro, 1850-1906. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-27112009-110409/ >.
    • APA

      Caetano, R. C. de A., & Moura, E. B. B. de. (2008). Os positivistas politécnicos e a (des)construção da maravilhosa cidade: Rio de Janeiro, 1850-1906. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-27112009-110409/
    • NLM

      Caetano RC de A, Moura EBB de. Os positivistas politécnicos e a (des)construção da maravilhosa cidade: Rio de Janeiro, 1850-1906 [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-27112009-110409/
    • Vancouver

      Caetano RC de A, Moura EBB de. Os positivistas politécnicos e a (des)construção da maravilhosa cidade: Rio de Janeiro, 1850-1906 [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8137/tde-27112009-110409/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021