Exportar registro bibliográfico

Cuidado gerontológico relacionado aos fatores ambientais (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: FARO, ANA CRISTINA MANCUSSI E - EE
  • Unidade: EE
  • Subjects: ACIDENTES POR QUEDAS (PREVENÇÃO E CONTROLE); SAÚDE DO IDOSO
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: O envelhecimento, processo natural e fisiológico, tende a alterar todo o organismo de modo que passemos a apresentar limitações na marcha, equilíbrio e campo visual. No Brasil o número de idosos, evolui de maneira acelerada mas de encontro à isso,os ajustes necessários para um aproveitamento pleno desta fase são lentos, trazendo novos riscos, preocupações, problemas de saúde e limitações físicas para estas pessoas que geralmente não se adaptam às restrições da velhice. A partir disto, podemos pontuar que um desses principais riscos são as quedas, fator importante quando analisados quanto aos índices de morbi-mortalidade entre idosos, principalmente no ambiente doméstico, já que é o local onde passam maior parte do seu tempo, fazendo com que a preocupação e reavaliação de adaptações nestes meios sejam revalidadas. Objetivo:identificar os principais elementos que facilitam e dificultam quedas de idosos no domicílio para elaboração de recomendações voltadas à prevenção e melhor independência funcional possível, segurança e acessibilidade do idoso e seus familiares. Método: entrevistar os funcionários não docentes da EEUSP, através de questionário com perguntas referentes à estruturação de uma casa adequada, para que o idoso se locomova com segurança e sem riscos de quedas. Resultados: do total de 125 funcionários, 71 concordaram em responder à pesquisa. Destes respondentes pudemos analisar, nas respostas mais freqüentes, que a casaidentificada como segura para locomoção sem riscos de quedas, necessita principalmente de: barras de apoio pela casa (20.2%), presença de pisos antiderrapantes(19.7%), ambientes bem iluminados(18.1%), camas em altura adequada para sentar e levantar(17%), eletroeletrônicos acessíveis e sem fios pelo chão(15%), tapetes em mínima quantidades ou presos ao chão(7.2%),decoração minimalista e organizada (59.2%) e móveis bem distribuídos com espaço para circulação(15.8%), entre outros. Conclusão: de acordo com os resultados, pudemos observar que o conhecimento básico relacionado à prevenção dde quedas com o idoso existe, porém, ao analisar que 70% das quedas ocorrem em ambiente doméstico,concluímos que o discurso citado não é incorporado no dia-a-dia das famílias, fazendo com que além da elaboração de recomendações para melhor acessibilidade do ambiente, busquemos também ressaltar a importância da conscientização na adequação destes locais, sempre relacionados às limitações da velhice
  • Imprenta:
  • Source:
  • Conference titles: Simpósio Pró-Saúde USP
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOVAIS, Tatiana Zanotti; FARO, Ana Cristina Mancussi e. Cuidado gerontológico relacionado aos fatores ambientais. Anais.. São Paulo: USP, 2008.Disponível em: .
    • APA

      Novais, T. Z., & Faro, A. C. M. e. (2008). Cuidado gerontológico relacionado aos fatores ambientais. In Trabalhos. São Paulo: USP. Recuperado de http://www.pro-saude.hu.usp.br/trabalhos_final.aspx
    • NLM

      Novais TZ, Faro ACM e. Cuidado gerontológico relacionado aos fatores ambientais [Internet]. Trabalhos. 2008 ;Available from: http://www.pro-saude.hu.usp.br/trabalhos_final.aspx
    • Vancouver

      Novais TZ, Faro ACM e. Cuidado gerontológico relacionado aos fatores ambientais [Internet]. Trabalhos. 2008 ;Available from: http://www.pro-saude.hu.usp.br/trabalhos_final.aspx


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021