Exportar registro bibliográfico

Estudo dos níveis motivacionais em relação ao uso de substâncias psicoativas e a espiritualidade (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: GONÇALVES, ANGÉLICA MARTINS DE SOUZA - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERP
  • Subjects: DROGAS DE ABUSO; DEPENDENTES QUÍMICOS; MOTIVAÇÃO; RELIGIÕES
  • Language: Português
  • Abstract: Existem evidências da relação entre espiritualidade e saúde, e também de que o exercício da dimensão espiritual tem potencial para estimular mudanças positivas entre usuários de álcool ou de outras drogas em processo de reabilitação. Este estudo teve como objetivo avaliar a relação entre espiritualidade e os níveis motivacionais (Modelo Transteórico) entre indivíduos que fazem uso nocivo ou são dependentes de substâncias psicoativas, em tratamento ou membros do grupo de mútua-ajuda e avaliar o desempenho da versão traduzida e adaptada da Spirituality Self Rating Scale (SSRS). O desenho metodológico do estudo é do tipo transversal. Um questionário foi elaborado contendo informações sociodemográficas e escalas de motivação e espiritualidade - URICA e SSRS, respectivamente. A amostra foi constituída de 138 (69%) indivíduos do sexo masculino. Participaram usuários vinculados a um grupo de AA, um serviço de CAPS-ad e três Comunidades Terapêuticas (evangélica, católica e sem vinculação religiosa). Dentre os resultados, foi encontrado que os entrevistados apresentaram idade média de 39 anos, católicos 71(51,4%), praticantes 83(60,1%). A maioria respondeu que a substância psicoativa consumida pela última vez foi o álcool 65(47,1%) e que 49(35,5%) usam ou usaram substâncias psicoativas por mais de 10 anos, todos ou quase todos os dias 90(60,2%). A escala SSRS apresentou bom índice de confiabilidade, com alfa de chronbach global de 0,8333, variando de 0,7028 a 0,8878.Não houve relação estatística significante entre espiritualidade e aspectos da vida religiosa dos indivíduos. A maioria 84(60,8%) considera espiritualidade diferente de religiosidade. Os estágios motivacionais que apresentaram relação com espiritualidade foram a pré-contemplação, a ação e a manutenção, mediante a análise de regressão linear múltipla. Os resultados nos fazem refletir que o exercício da dimensão ) espiritual em cada um dos estágios pode ser pensada no sentido de estimular o indivíduo a obter sucesso no processo de mudança de comportamento em relação ao uso de substância e na reabilitação em diversos contextos. A escala SSRS pode ser recomendada para uso, apesar de suas limitações. Concluímos que existe a necessidade de sucessivas avaliações dos processos que envolvem os aspectos da espiritualidade no contexto do tratamento e motivação na mudança de comportamentos em relação ao abuso e dependência de substâncias psicoativas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.08.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONÇALVES, Angélica Martins de Souza; PILLON, Sandra Cristina. Estudo dos níveis motivacionais em relação ao uso de substâncias psicoativas e a espiritualidade. 2008.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-11092008-164537/ >.
    • APA

      Gonçalves, A. M. de S., & Pillon, S. C. (2008). Estudo dos níveis motivacionais em relação ao uso de substâncias psicoativas e a espiritualidade. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-11092008-164537/
    • NLM

      Gonçalves AM de S, Pillon SC. Estudo dos níveis motivacionais em relação ao uso de substâncias psicoativas e a espiritualidade [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-11092008-164537/
    • Vancouver

      Gonçalves AM de S, Pillon SC. Estudo dos níveis motivacionais em relação ao uso de substâncias psicoativas e a espiritualidade [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22131/tde-11092008-164537/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020