Exportar registro bibliográfico

A expressão diferencial da telomerase e do fator de crescimento vascular endotelial pode contribuir para o comportamento mais agressivo dos carcinomas mamários p63 (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: MOURA, HEVELINE BECKER DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPA
  • Subjects: NEOPLASIAS MAMÁRIAS; IMUNOHISTOQUÍMICA; PATOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O p63, homólogo do p53, é marcador de células mioepiteliais nas glândulas mamárias normais e pode ser encontrada em cerca de 11% dos carcinomas mamários invasivos. O objetivo deste trabalho é estudar a relação entre a expressão da p63, fatores clínico-patológicos e marcadores utilizados em patologia mamária, incluindo reguladores do ciclo celular, oncogenes, proteínas relacionadas a apoptose, metaloproteinases e inibidores das metaloproteinases. Foi realizado estudo imuno-histoquímico com 27 anticorpos primários em 100 casos de carcinomas ductais invasores. Células p63 positivas foram encontradas em 16% dos carcinomas. Os carcinomas p63-positivos são pouco diferenciados, negativos para receptores hormonais e apresentam índice de proliferação elevado. Estes carcinomas também apresentam correlação com estadiamento patológico avançado, tamanho tumoral e expressão de hTERT, TIMP1 e VEGF. A expressão de TIMP1 sugere que o estímulo antiproteolítico pode estar presente nos carcinomas p63 positivos. A atividade do hTERT está associada com metástase para linfonodos e proliferação celular. O VEGF regula a angiogênese que é um evento fundamental para o processo de crescimento tumoral e disseminação metastática. Portanto a expressão do hTERT e do VEGF nos carcinomas p63 positivos pode contribuir para o comportamento clínico mais agressivo destes carcinomas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.07.2008

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOURA, Heveline Becker de; RIBEIRO-SILVA, Alfredo. A expressão diferencial da telomerase e do fator de crescimento vascular endotelial pode contribuir para o comportamento mais agressivo dos carcinomas mamários p63. 2008.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008.
    • APA

      Moura, H. B. de, & Ribeiro-Silva, A. (2008). A expressão diferencial da telomerase e do fator de crescimento vascular endotelial pode contribuir para o comportamento mais agressivo dos carcinomas mamários p63. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Moura HB de, Ribeiro-Silva A. A expressão diferencial da telomerase e do fator de crescimento vascular endotelial pode contribuir para o comportamento mais agressivo dos carcinomas mamários p63. 2008 ;
    • Vancouver

      Moura HB de, Ribeiro-Silva A. A expressão diferencial da telomerase e do fator de crescimento vascular endotelial pode contribuir para o comportamento mais agressivo dos carcinomas mamários p63. 2008 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020