Exportar registro bibliográfico

Efeito agudo do diazepam no processamento de emoções em voluntários saudáveis: avaliação comportamental e por neuroimagem (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: FERREIRA, CÉSAR AUGUSTO QUEIROZ - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: FÁRMACOS PSICOTRÓPICOS (EFEITOS ADVERSOS); EMOÇÕES; DIAGNÓSTICO POR IMAGEM
  • Language: Português
  • Abstract: O reconhecimento de informações com valência emocional, oriundas do meio ambiente, é crucial para a adaptação e para o funcionamento social. Em particular, o reconhecimento de expressões faciais tem sido considerado fundamental para o processamento das emoções básicas. Estudos de neuroimagem e com pacientes com lesões cerebrais sugerem que o processamento de diferentes expressões faciais parece ser controlado por circuitos neurais parcialmente distintos. Outras evidências advêm de estudos que avaliam os efeitos de drogas psicoativas na percepção de expressões emocionais. Com relação às drogas ansiolíticas, existem evidências de que o diazepam prejudicaria o reconhecimento de expressões faciais e, em particular, de raiva e medo. No entanto, existem evidências de prejuízo global do reconhecimento das expressões emocionais com dose única de 15 mg de diazepam, o que pode ser atribuído aos efeitos sedativos provocadas por doses mais altas desse benzodiazepínico, ao invés de uma modulação específica do reconhecimento de expressões faciais. Além disso, os estudos desenvolvidos até o momento adotaram paradigmas complexos, que envolvem combinações de emoções em diferentes gradações, o que poderia interferir no desempenho dos voluntários na tarefa. Além disso, até o momento, apenas um estudo avaliou, por meio de ressonância magnética funcional, os efeitos de benzodiazepínicos sobre as ativações neuronais provocadas por expressões faciais evidenciando que o lorazepamatenuaria a ativação da amígdala. Portanto, o objetivo deste estudo foi verificar o efeito da administração oral de uma dose única de 10 mg de diazepam na identificação de expressões faciais de emoções básicas (raiva, asco, medo, tristeza, surpresa e alegria), levando-se em consideração o desempenho (acurácia) em tarefa de reconhecimento explícito de expressões faciais e na modulação da resposta hemodinâmica da amígdala, para faces de medo e raiva, por meio da técnica Bold (BIood Oxygen LeveI Dependent) de ressonância magnética funcional, em estudo de delineamento cruzado (cross-over), duplo-cego, placebo controlado e ordem randômica. A amostra foi composta por 12 voluntários saudáveis, do sexo masculino, com idade variando entre 19 e 31 anos (média = 24,83 DP = 3,16). Os dados foram analisados por meio de ANOVA de medidas repetidas, com correções de Huynh-Feldt e o teste de Bonferroni foi utilizado para as análises post hoc. Independentemente da modulação farmacológica, emoções positivas (alegria) foram reconhecidas mais facilmente do que emoções negativas. Além disso, algumas expressões, como asco, tristeza e surpresa, foram reconhecidas mais facilmente em faces femininas do que em faces masculinas. Não foram encontradas diferenças significativas entre os tratamentos nas medidas subjetivas, mas houve uma diferença significativa na tarefa de reconhecimento de expressões faciais de emoções básicas. O diazepam, na dose de 10 mg,prejudicou seletivamente o reconhecimento de expressões de medo em relação ao placebo, não se encontrando prejuízo para o reconhecimento das demais expressões. Na ressonância magnética funcional, o diazepam promoveu uma atenuação da amígdala direita para as expressões faciais de medo, sem efeitos sobre as respostas hemodinâmicas a faces de raiva. Esses resultados sugerem um papel do sistema gabaérgico no processamento de emoções de medo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.05.2008

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERREIRA, César Augusto Queiroz; DEL-BEN, Cristina Marta. Efeito agudo do diazepam no processamento de emoções em voluntários saudáveis: avaliação comportamental e por neuroimagem. 2008.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008.
    • APA

      Ferreira, C. A. Q., & Del-Ben, C. M. (2008). Efeito agudo do diazepam no processamento de emoções em voluntários saudáveis: avaliação comportamental e por neuroimagem. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ferreira CAQ, Del-Ben CM. Efeito agudo do diazepam no processamento de emoções em voluntários saudáveis: avaliação comportamental e por neuroimagem. 2008 ;
    • Vancouver

      Ferreira CAQ, Del-Ben CM. Efeito agudo do diazepam no processamento de emoções em voluntários saudáveis: avaliação comportamental e por neuroimagem. 2008 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021