Exportar registro bibliográfico

Mapeamento de áreas de linguagem através da ressonância magnética funcional em individuos assintomáticos, pacientes com epilepsia e candidatos a neurocirurgia (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: ROSSET, SARA REGINA ESCORSI - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: NEUROLOGIA; DIAGNÓSTICO POR IMAGEM; RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
  • Language: Português
  • Abstract: A determinação de áreas eloqüentes é importante na avaliação pré-cirúrgica em neurologia para minimizar déficits. Isso se acentua na epilepsia, pelo caráter funcional destas cirurgias. Dentre as técnicas, não invasivas, a imagem por ressonância magnética funcional (fMRI) tem mostrado grande concordância com métodos invasivos "padrão ouro", como a estimulação cortical e o teste de Wada. Contudo, para obter melhor mapa de ativação em pacientes, o estudo em indivíduos assintomáticos é vital para o entendimento de funções mais complexas, como a linguagem. Assim, o objetivo deste trabalho foi comparar duas tarefas de linguagem, em indivíduos, utilizando paradigma em bloco, com a intenção de mapear áreas relacionadas com o processamento da linguagem, em adição à ativação de áreas primárias, avaliando os fatores que influenciam esta ativação. Em seguida, a fMRI foi testada como ferramenta para mapear áreas eloqüentes como parte da avaliação pré operatória. Material e Método: Foram realizados 152 exames de fMRI em pacientes e indivíduos saudáveis, utilizando aparelho de 1.5T (Siemens, Magneton Vision, Erlangen, Germany), instalado no HC-FMRP-USP. Foi utilizada seqüência EPI para aquisição BOLD e imagem de alta resolução de todo o encéfalo para co-registro. Os mapas estatísticos foram obtidos com o método GLM (Modelo Linear Geral), utilizando o programa 'Brain Voyager POT. TM'. Foi utilizado paradigma em bloco, alternando repouso com duas tarefas diferentes, fluência verbalsemântica (CAT) e fluência verbal fonológica (LET), para comparação. Além do tipo de tarefa, foi testada a influência de diferentes variáveis na ativação, incluindo dominância manual, escolaridade e sexo. Resultado: Destros e não-destros possuem o hemisfério esquerdo como dominante para linguagem, porém, não-destros têm uma participação muito maior do hemisfério direito comparado com destros. As mulheres têm linguagem mais bilateral que os homens. A maior escolaridade resulta numa ativação mais robusta. A ativação foi significativamente diferente em pacientes com epilepsia por esclerose temporal mesial esquerda, que mostraram linguagem mais bilateral que os indivíduos assintomáticos. Foi encontrada uma forte correlação entre a fMRI e o teste de Wada. O estudo pré-operatório se mostrou útil na localização de áreas eloqüentes, em especial nos casos de lateralização da linguagem para a direita. Conclusões: a ativação de áreas relacionadas com a linguagem é complexa e influenciada pela tarefa, pelo sexo, lateral idade manual e escolaridade, bem como pela própria epilepsia. A fMRI tem boa correlação com técnicas invasivas e tem potencial para ganhar importância na avaliação pré-cirúrgica, a depender de maior entendimento e controle do fenômeno BOLD
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.05.2008

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ROSSET, Sara Regina Escorsi; ARAÚJO, Dráulio Barros de. Mapeamento de áreas de linguagem através da ressonância magnética funcional em individuos assintomáticos, pacientes com epilepsia e candidatos a neurocirurgia. 2008.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2008.
    • APA

      Rosset, S. R. E., & Araújo, D. B. de. (2008). Mapeamento de áreas de linguagem através da ressonância magnética funcional em individuos assintomáticos, pacientes com epilepsia e candidatos a neurocirurgia. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Rosset SRE, Araújo DB de. Mapeamento de áreas de linguagem através da ressonância magnética funcional em individuos assintomáticos, pacientes com epilepsia e candidatos a neurocirurgia. 2008 ;
    • Vancouver

      Rosset SRE, Araújo DB de. Mapeamento de áreas de linguagem através da ressonância magnética funcional em individuos assintomáticos, pacientes com epilepsia e candidatos a neurocirurgia. 2008 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020