Exportar registro bibliográfico

A viola com anima: uma construção simbólica (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: NOGUEIRA, GISELA GOMES PUPO - ECA
  • Unidade: ECA
  • Sigla do Departamento: CCA
  • Subjects: MÚSICA POPULAR; HISTÓRIA DA MÚSICA; VIOLA; TEORIA MUSICAL
  • Language: Português
  • Abstract: As pesquisas históricas sobre as violas brasileiras foram delimitadas pelas referências textuais e iconográficas ao instrumento musical e à sua utilização na produção musical, particularmente da segunda metade do século XVIII ao início do XIX, com pequena citação de César das Neves em seu Cancioneiro de Músicas Populares, cujo primeiro volume é datado de 1893. Usualmente confundida com alaúdes, cistros e violões, a literatura histórica deixa lacunas sobre a descrição do instrumento. Fato é que, não raro, os violeiros brasileiros de hoje ignoram se tratar de uma guitarra barroca. A primeira parte desta pesquisa investiga, através de fontes primárias e secundárias, a utilização da viola no Brasil desde os tempos de Anchieta, consagrando-se como o instrumento de cordas dedilhadas mais antigo ainda em uso na produção cultural do país, bem como sua classificação como instrumento da família das guitarras; trata da construção simbólica de uma viola rural, com forte ênfase no preconceito àqueles que a tocam e da sua ascensão e declínio a partir das investidas de Cornélio Pires na indústria fonográfica.Analisada através dos códigos da escrita em Tablaturas e Alfabeto Musical, a Musicologia Histórica é utilizada como ferramenta para pesquisar a linguagem elitista do instrumento à época colonial e, ao mesmo tempo, popular no Reino de Portugal, visto que não há qualquer documentação musical brasileira que legitime sua utilização no Brasildaquele período. Com base nas publicações portuguesas da produção musical brasileira, é possível reconstituir modinhas e lundus nesse instrumento, como relatado por inúmeros viajantes, a partir de um mapeamento dos recursos idiomáticos utilizados na Europa Ocidental e, particularmente, em Portugal, expondo a riqueza de linguagem, enquanto instrumento das elites, e seu empobrecimento, a partir do vínculo com o universo rural, que marcou até mesmo sua denominação mais popular utilizada atualmente na mídia em geral - viola caipira ou sertaneja
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.04.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NOGUEIRA, Gisela Gomes Pupo; CALDAS, Waldenyr. A viola com anima: uma construção simbólica. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-15052009-140811/ >.
    • APA

      Nogueira, G. G. P., & Caldas, W. (2008). A viola com anima: uma construção simbólica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-15052009-140811/
    • NLM

      Nogueira GGP, Caldas W. A viola com anima: uma construção simbólica [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-15052009-140811/
    • Vancouver

      Nogueira GGP, Caldas W. A viola com anima: uma construção simbólica [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-15052009-140811/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021