Exportar registro bibliográfico

Relações de gênero e trabalho docente: jornadas e ritmos no cotidiano de professoras e professores (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: ALVARENGA, CAROLINA FARIA - FE
  • Unidade: FE
  • Sigla do Departamento: EDA
  • Subjects: SOCIOLOGIA EDUCACIONAL; RELAÇÕES DE GÊNERO (EDUCAÇÃO); GÊNEROS (GRUPOS SOCIAIS) (EDUCAÇÃO); DESEMPENHO DO PROFESSOR (ASPECTOS SOCIAIS); JORNADA DE TRABALHO; DIVISÃO DO TRABALHO
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho analisa a pertinência e a intensidade da interferência das relações de gênero nas jornadas e nos ritmos definidores do trabalho docente. Situado entre os estudos da Sociologia da Educação, do Trabalho e da Família, inicia a reflexão sobre o conceito de gênero, articulado pelas teóricas feministas Joan Scott e Linda Nicholson; de divisão sexual do trabalho e suas conseqüências na vida de homens e mulheres, defendidos por Helena Hirata, Danièle Kergoat, Elizabeth Souza-Lobo, Joan Scott, Cristina Bruschini, Bila Sorj, dentre outros; e da noção de tempo, desenvolvida por Norbert Elias e Alberto Melucci. Em seguida, baseado em levantamento sobre a produção acadêmica acerca do trabalho docente sob a ótica das relações de gênero, constata as lacunas dessa produção sobre os tempos de trabalho, analisa a trajetória de constituição do trabalho docente e mostra os significados femininos e masculinos que o perpassam. A pesquisa empírica de caráter qualitativo foi desenvolvida com professoras e professores de Ensino Fundamental II de uma escola municipal da zona sul de São Paulo, durante os anos de 2006 e 2007. Os dados foram obtidos por meio de questionários, diários de uso do tempo, entrevistas semi-estruturadas e diário de campo. O estudo de Cláudio Dedecca sobre tempo, trabalho e gênero forneceu os elementos para a construção dos conceitos analíticos. A maioria dos docentes - homens ou mulheres - possui extensas jornadas de trabalho total, decorrentes, em parte, dosbaixos salários. Além dos serviços escolares realizados em casa, recorrentes nas jornadas de todo o grupo, professoras e professores possuem também extensas jornadas de trabalho para a reprodução social, mesmo que em graus variados. A importância da articulação entre as diversas dimensões do tempo na vida dos sujeitos, apontada por Dedecca, considerando a tensão existente entre elas, possibilitou ) reconhecer a necessária separação entre trabalho feminino e trabalho masculino. No entanto, a análise do cotidiano das professoras e dos professores pesquisados permitiu questionar uma característica ressaltada pela maior parte dos estudos focados no trabalho fora da docência : a dicotomia entre tempos de trabalho econômico maiores -- que supõem trabalho remunerado e tempos de deslocamento -- para os homens e, para as mulheres, tempos de trabalho para a reprodução social maiores, que incluem o trabalho doméstico e o cuidado com filhos, precisa ser problematizada, ao menos no que se refere aos docentes pesquisados. Ademais, as políticas públicas, educacionais e sociais, para garantir igualdade de oportunidades e condições de vida para os professores e as professoras, precisam considerar a articulação entre as esferas da produção e da reprodução.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.03.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVARENGA, Carolina Faria; VIANNA, Claudia Pereira. Relações de gênero e trabalho docente: jornadas e ritmos no cotidiano de professoras e professores. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-13062008-155413/ >.
    • APA

      Alvarenga, C. F., & Vianna, C. P. (2008). Relações de gênero e trabalho docente: jornadas e ritmos no cotidiano de professoras e professores. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-13062008-155413/
    • NLM

      Alvarenga CF, Vianna CP. Relações de gênero e trabalho docente: jornadas e ritmos no cotidiano de professoras e professores [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-13062008-155413/
    • Vancouver

      Alvarenga CF, Vianna CP. Relações de gênero e trabalho docente: jornadas e ritmos no cotidiano de professoras e professores [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-13062008-155413/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021