Exportar registro bibliográfico

Trabalho docente, capital e estado: crítica de interpretações sobre o magistério no Brasil (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CATINI, CAROLINA DE ROIG - FE
  • Unidades: FE
  • Sigla do Departamento: EDF
  • Subjects: MAGISTÉRIO; CAPITALISMO; ESTADO (POLÍTICA); MARXISMO; DESEMPENHO DO PROFESSOR (ASPECTOS SOCIAIS)
  • Language: Português
  • Abstract: O problema que esta pesquisa coloca é se as análises mais correntes acerca do trabalho docente oferecem uma base adequada para a compreensão da realidade de profissionais do ensino. A hipótese central é que aquelas análises, realizadas sobre determinados aspectos da prática educativa e da relação com a sociedade, em geral não encaram de maneira profunda as contradições do Estado e das relações sociais capitalistas e suas implicações para a interpretação do trabalho docente. São análises que se dividem entre as que priorizam os aspectos de proletarização, de gênero e de saberes profissionais. O exame das vicissitudes de tais perspectivas foi feito por meio do estudo dos artigos publicados em dois periódicos educacionais de circulação nacional: a revista Educação & Sociedade e a revista Cadernos de Pesquisa. O estudo mostrou que aquelas análises se moldam em função do contexto político e social e de uma imagem pública do professorado, dependentes de alterações recentes na forma de gestão do Estado. A análise crítica de algumas daquelas abordagens, a partir da teoria marxiana do capital enquanto relação social, permitiu introduzir aspectos da dinâmica de reprodução do capital e, especificamente, da forma-Estado. Mediante a mobilização de conceitos como o de trabalho abstrato e trabalho concreto, de trabalho produtivo e improdutivo, de serviços, de trabalho imaterial, de subsunção formal e real do trabalho ao capital, dentre outros, desenvolveu-se a crítica dos debatestravados no campo educacional brasileiro, com a qual se pode compreender o próprio trabalho docente. Com isso, a hipótese levantada se mostrou verdadeira, pois, as análises examinadas se revelaram limitadas a apreensões conjunturais, desconsiderando determinações fundamentais do trabalho docente que resultam de um processo histórico vinculado ao desenvolvimento da forma-escola e à subordinação do trabalho ) docente ao Estado.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.04.2008
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CATINI, Carolina de Roig; GHANEM JUNIOR, Elie George Guimaraes. Trabalho docente, capital e estado: crítica de interpretações sobre o magistério no Brasil. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-12062008-154309/ >.
    • APA

      Catini, C. de R., & Ghanem Junior, E. G. G. (2008). Trabalho docente, capital e estado: crítica de interpretações sobre o magistério no Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-12062008-154309/
    • NLM

      Catini C de R, Ghanem Junior EGG. Trabalho docente, capital e estado: crítica de interpretações sobre o magistério no Brasil [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-12062008-154309/
    • Vancouver

      Catini C de R, Ghanem Junior EGG. Trabalho docente, capital e estado: crítica de interpretações sobre o magistério no Brasil [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-12062008-154309/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020