Exportar registro bibliográfico

Características dinâmicas e eletromiográficas do forehand e backhand em tenistas: uma perspectiva biomecânica para avaliar o desempenho (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: BRAGA NETO, LUDGERO - EEFE
  • Unidade: EEFE
  • Sigla do Departamento: EFB
  • Subjects: BIOMECÂNICA; ELETROMIOGRAFIA
  • Language: Português
  • Abstract: O forehand e o backhand são as técnicas de movimentos mais utilizados no tênis. São golpes técnicos de complexa execução, pois dependem de uma perfeita sincronização temporal entre o movimento da raquete e a trajetória da bola. A literatura especializada demonstra que o posicionamento dos pés é fundamental para gerar potência nestes golpes e registra basicamente dois tipos de forehand quanto ao posicionamento dos pés: forehand open stance (FOS) e forehand square stance (FSS). A técnica de backhand, desde o início da prática da modalidade, apresenta duas maneiras de ser executada: com uma mão (BKI) ou com duas mãos (BK2) segurando o cabo da raquete. Pesquisas científicas específicas nesta modalidade esportiva têm se tornado razoavelmente fteqüentes nas últimas duas décadas. O objetivo deste estudo é descrever as características biomecânicas a partir de parâmetros dinâmicos, cinemáticos e eletromiográficos segundo variáveis e músculos relacionados experimentalmente em função da utilização das quatro técnicas descritas acima. Através do conhecimento destas características biomecânicas, pretende-se ainda estabelecer uma relação de dependência quanto às influências no desempenho técnico esportivo. A amostra foi composta por dez indivíduos do sexo masculino, que possuíam domínio das técnicas analisadas. Ao analisarmos os resultados que reúnem as variáveis biomecânicas estudadas, percebemos que é possível aceitar parcialmente a hipótese inicial de nossoestudo: as técnicas FOS e BK2 demandam maior ativação muscular quando comparadas com as técnicas FSS e BK1, respectivamente. Observando-se ainda os resultados de eletromiografia, verificamos a predominância de valores mais elevados de ativação muscular para as técnicas FOS e BK2 durante a fase pós-impacto, confirmando-se, portanto a hipótese inicial. ) Porém, durante a fase pré impacto, os valores mais elevados de ativação muscular foram observados nas técnicas FSS e BK1, contrariando desta maneira a hipótese inicial. Concluímos, portanto, distintos comportamentos entre as duas técnicas de forehand e backhand, principalmente ao analisarmos as fases pré e pós-impacto, o que nos permitiu uma análise técnica detalhada dos gestos esportivos estudados, dada a complexidade estrutural dos mesmos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.04.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRAGA NETO, Ludgero; AMADIO, Alberto Carlos. Características dinâmicas e eletromiográficas do forehand e backhand em tenistas: uma perspectiva biomecânica para avaliar o desempenho. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39132/tde-11082008-113504/ >.
    • APA

      Braga Neto, L., & Amadio, A. C. (2008). Características dinâmicas e eletromiográficas do forehand e backhand em tenistas: uma perspectiva biomecânica para avaliar o desempenho. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39132/tde-11082008-113504/
    • NLM

      Braga Neto L, Amadio AC. Características dinâmicas e eletromiográficas do forehand e backhand em tenistas: uma perspectiva biomecânica para avaliar o desempenho [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39132/tde-11082008-113504/
    • Vancouver

      Braga Neto L, Amadio AC. Características dinâmicas e eletromiográficas do forehand e backhand em tenistas: uma perspectiva biomecânica para avaliar o desempenho [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39132/tde-11082008-113504/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021