Exportar registro bibliográfico

A vivência das mães de recém-nascidos prematuros no processo de manutenção da lactação e amamentação durante o período de internação de seus filhos (2008)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, ROSANGELA VENANCIO DA - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENP
  • Subjects: AMAMENTAÇÃO NATURAL; BEBÊ PREMATURO; CUIDADO DO LACTENTE; HOSPITALIZAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: A manutenção da lactação e a amamentação para as mães de bebês prematuros, durante o período de internação de seus filhos, mostra-se como um processo, às vezes, dificultoso para essas mulheres. Diante dessa realidade e ciente de que a amamentação é um processo de construção biológica e sociocultural, este estudo qualitativo teve como objetivo geral, compreender a vivência da amamentação de mães de recém-nascidos prematuros, durante a internação de seus filhos. Os objetivos específicos foram descrever a performance de amamentação das mães de recém-nascidos prematuros, durante a internação de seus filhos e descrever as condições de suas mamas e lactação, por ocasião da alta dos filhos. Adotou-se o modelo Pesando Riscos e Benefícios, como referencial de análise e o método do Discurso do Sujeito Coletivo para organização dos dados. Participaram do estudo 11 mulheres, mães de bebês prematuros internados na Unidade Neonatal do HU-USP. Os dados foram coletados entre março e setembro de 2007, por meio de consulta ao prontuário do bebê, entrevista estruturada e semi-estruturada com a mãe, bem como a realização do exame físico das mamas dessas mulheres. Por ocasião da alta hospitalar do bebê, todas as mulheres do estudo amamentavam. No entanto, apenas duas crianças eram alimentadas exclusivamente ao peito. As demais recebiam complementação láctea após amamentação. A entrevista semi-estruturada possibilitou a elaboração de oito Discursos do Sujeito Coletivo listados em doisblocos com os seguintes temas: Lactação e amamentação e Contexto hospitalar e doméstico, que possibilitaram compreender que as mães deste estudo, a exemplo do modelo \"Pesando Riscos e Benefícios\", vivenciam um processo de avaliação contínua das condições de saúde, crescimento e desenvolvimento da criança que contribui para sua motivação para amamentar e direcionam suas ações no prosseguimento da ) amamentação. Demonstram ter alcançado em parte seu objetivo ao conseguirem amamentar o filho prematuro, embora na maioria das vezes a amamentação exclusiva ao peito à alta hospitalar do bebê não tenha sido constatada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.04.2008
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Rosangela Venancio da; SILVA, Isilia Aparecida. A vivência das mães de recém-nascidos prematuros no processo de manutenção da lactação e amamentação durante o período de internação de seus filhos. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7132/tde-16052008-112149/ >.
    • APA

      Silva, R. V. da, & Silva, I. A. (2008). A vivência das mães de recém-nascidos prematuros no processo de manutenção da lactação e amamentação durante o período de internação de seus filhos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7132/tde-16052008-112149/
    • NLM

      Silva RV da, Silva IA. A vivência das mães de recém-nascidos prematuros no processo de manutenção da lactação e amamentação durante o período de internação de seus filhos [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7132/tde-16052008-112149/
    • Vancouver

      Silva RV da, Silva IA. A vivência das mães de recém-nascidos prematuros no processo de manutenção da lactação e amamentação durante o período de internação de seus filhos [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7132/tde-16052008-112149/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021