Exportar registro bibliográfico

Avaliação do estado nutricional e padrão alimentar de escolares do ensino público fundamental no município de São Caetano do Sul (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: LAZARINI, TAMARA - NUTHUMANA
  • Unidade: NUTHUMANA
  • Sigla do Departamento: FBA
  • Subjects: NUTRIÇÃO (AVALIAÇÃO); NUTRIÇÃO INFANTIL (AVALIAÇÃO); ESTADO NUTRICIONAL (AVALIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução - Há um crescente aumento de peso na idade escolar em virtude de diversos fatores como hábitos alimentares inadequados, grande exposição à televisão e conseqüente diminuição da atividade física. O ambiente tornou-se "obesogênico" em detrimento do acúmulo de gordura, caracterizado pela abundância de alimentos com alta densidade energética e a falta de atividade física. Objetivo - Avaliar o estado nutricional e o padrão alimentar de escolares do ensino público fundamental. Métodos - Avaliou-se os estado nutricional de 1773 escolares de 8 a 15 anos de 3 escolas do Município de São Caetano do Sul. Para uma sub-amostra, com 544 alunos, que apresentaram excesso de peso e obesidade, foram aplicados REC24h e um questionário. Foi feita a análise descritiva dos dados com percentuais, médias, desvio padrão e o qui-quadrado para variáveis do questionário e do consumo alimentar. Utilizou-se o SPSS 10.0, sendo adotado grau de significância de 5 'POR CENTO' (p 'MENOR' 0,05). Resultados - 35 'POR CENTO' escolares estão com excesso de peso ou obesidade e 1,2 'POR CENTO' esta abaixo do peso. Foram observados hábitos inadequados como omissão do café da manha (40 'POR CENTO'), ingestão de líquidos com as refeições (90 'POR CENTO'), excesso de exposição à televisão, computador e vídeo game, influenciando a preferência por lanches, "fast food" e alimentos com alta densidade energética, inclusive na escola. O consumo médio de calorias diárias foi de 1500kcal. Ospercentuais de adequação de macronutrientes apresentaram-se dentro do estimado, embora os níveis de colesterol e gordura saturada tenham alcançado valores 4 vezes superiores ao preconizado e praticamente 100 'POR CENTO' dos escolares não consumirem o mínimo de fibras/dia. Conclusões - os escolares apresentaram hábitos não ) saudáveis, incluindo a grande ingestão de gorduras, baixo consumo de fibras e comportamentos sedentários, que podem ter refletido no peso dos escolares. Recomenda-se a adoção de hábitos alimentares saudáveis, promovendo maior consumo de frutas, legumes e verduras, e grãos integrais, restringindo a ingestão de alimentos de alta densidade energética. A orientação alimentar deve envolver desde os escolares, até os gestores das áreas de educação, comunicação e saúde
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.2007

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LAZARINI, Tamara; PHILIPPI, Sonia Tucunduva. Avaliação do estado nutricional e padrão alimentar de escolares do ensino público fundamental no município de São Caetano do Sul. 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.
    • APA

      Lazarini, T., & Philippi, S. T. (2007). Avaliação do estado nutricional e padrão alimentar de escolares do ensino público fundamental no município de São Caetano do Sul. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Lazarini T, Philippi ST. Avaliação do estado nutricional e padrão alimentar de escolares do ensino público fundamental no município de São Caetano do Sul. 2007 ;
    • Vancouver

      Lazarini T, Philippi ST. Avaliação do estado nutricional e padrão alimentar de escolares do ensino público fundamental no município de São Caetano do Sul. 2007 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021