Exportar registro bibliográfico

Transferência simultânea de lipídeos de um modelo artificial de lipoproteína (LDE) para a lipoproteína de alta densidade (HDL) (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: LO PRETE, ANA CRISTINA - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: METABOLISMO DE PROTEÍNA; LIPOPROTEÍNAS (METABOLISMO)
  • Language: Português
  • Abstract: Lipoproteínas do plasma trocam lipídeos e apolipoproteínas constantemente. Além da ação de proteínas de transferência, a habilidade das lipoproteínas em receber ou doar lipídeos depende também de diversos outros fatores. A estrutura e a composição de lipídeos e de proteína das lipoproteínas podem influenciar a fluidez da partícula e, desse modo, esta habilidade da lipoproteína. No plasma, a classe de lipoproteína que é a mais afetada pela transferência de lipídeos é a HDL. O presente estudo foi projetado para estabelecer um método simples para quantificar a habilidade desta lipoproteína em receber simultaneamente suas principais classes de lipídeos constituintes, fosfolipídeo, colesterol livre, éster de colesterol e triglicerídeo. O método é baseado na troca lipídica ocorrida entre uma nanoemulsão artificial (LDE) que se assemelha à estrutura lipídica da LDL, usada como doador de lipídeos radioativos, e as lipoproteínas plasmáticas. Após precipitação da LDE e das demais lipoproteínas, a capacidade da HDL de receber lipídeos é quantificada pela medida da radioatividade presente na lipoproteína. No presente estudo, foi realizada a padronização deste método, assim como analisadas possíveis interferências no método. No mesmo estudo, foi analisada a transferência de lipídeos da LDE para a partícula de HDL em indivíduos controles. A elevação da temperatura (4 a 37 'GRAUS CENTÍGRADOS'), do tempo de incubação (5min a 2h) e de HDL-Colesterol (33 a 244 mg/dL) resultaramem progressivo aumento na transferência dos quatro lipídeos da LDE para a HDL. Por outro lado, o aumento do pH (6,5 a 8,5) e da concentração de albumina (3,50 a 7,00 g/dL) não alteraram os valores de transferência. A amostra de plasma mostrou ser inalterada para este ensaio por período de 12 meses (p 'MAIOR' 0,05), enquanto que a LDE foi inalterada por até 15 dias (p 'MAIOR' 0.2). Os resultados da análise intra-ensaio apresentaram ) imprecisão (C.V.) para a transferência de fosfolipídeo, colesterol livre, éster de colesterol e triglicerídeo de 0,83, 0,56, 1,49 e 0,51 'POR CENTO', respectivamente. A análise inter-ensaio mostrou imprecisão para os resultados de transferência de fosfolipídeo, colesterol livre, éster de colesterol e triglicerídeo 0,78, 0,59, 1,32 e 0,58 'POR CENTO', respectivamente. A média da transferência de fosfolipídeo, colesterol livre, éster de colesterol e triglicerídeo da LDE para a HDL nos 53 voluntários foi de 25,5 'MAIS OU MENOS' 2,6, 9,9 'MAIS OU MENOS' 1,6, 4,8 'MAIS OU MENOS' 1 ,3 e 6,9 'MAIS OU MENOS' 1, 1 'POR CENTO', respectivamente. As transferências de éster de colesterol, triglicerídeo e colesterol livre se correlacionaram positivamente entre estes lipídeos. Foram encontradas correlações positivas também entre as transferências de fosfolípideo e de triglicerídeo e entre a transferência de colesterol livre e a concentração de colesterol de HDL. O método de transferência de lipídeos para a fração HDL mostrou ser prático epreciso, podendo, dentro das condições ideais estabelecidas neste trabalho, determinar a capacidade receptora de lipídeos da HDL
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.09.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LO PRETE, Ana Cristina; MARANHÃO, Raul Cavalcante. Transferência simultânea de lipídeos de um modelo artificial de lipoproteína (LDE) para a lipoproteína de alta densidade (HDL). 2007.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-23022015-145716/pt-br.php >.
    • APA

      Lo Prete, A. C., & Maranhão, R. C. (2007). Transferência simultânea de lipídeos de um modelo artificial de lipoproteína (LDE) para a lipoproteína de alta densidade (HDL). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-23022015-145716/pt-br.php
    • NLM

      Lo Prete AC, Maranhão RC. Transferência simultânea de lipídeos de um modelo artificial de lipoproteína (LDE) para a lipoproteína de alta densidade (HDL) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-23022015-145716/pt-br.php
    • Vancouver

      Lo Prete AC, Maranhão RC. Transferência simultânea de lipídeos de um modelo artificial de lipoproteína (LDE) para a lipoproteína de alta densidade (HDL) [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-23022015-145716/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021