Exportar registro bibliográfico

O gênero e o trabalho da enfermagem na atenção básica: percepções das enfermeiras (2008)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MARQUES, DALVANI - EE
  • Unidades: EE
  • Sigla do Departamento: ENS
  • Subjects: ENFERMAGEM EM SAÚDE PÚBLICA; GÊNEROS (GRUPOS SOCIAIS); TRABALHO FEMININO; SAÚDE DA FAMÍLIA
  • Language: Português
  • Abstract: A enfermagem foi construindo suas práticas entrelaçadas aos modelos de atenção à saúde, aos modos de organização dos serviços e ao processo de trabalho em saúde, este vinculado aos contextos histórico, político, social e de gênero. Na atenção básica de saúde, as enfermeiras construíram e modificaram seu trabalho, ampliando e diversificando suas atividades, de acordo com as transformações exigidas pelos modelos de atenção à saúde. Com a implantação do PSF, em Campinas, mudanças ocorreram no trabalho das enfermeiras nos serviços municipais. Este estudo qualitativo objetivou apreender o trabalho das enfermeiras na rede básica de saúde de Campinas/SP. Os referenciais teóricos foram Gênero e Trabalho, sendo a enfermagem compreendida como um trabalho feminino, subordinado ao trabalho médico, masculino, que mantém e perpetua a divisão social e sexual do trabalho, entre homens e mulheres, refletindo a dicotomia entre o cuidar das enfermeiras e o tratar dos médicos, bem como suas respectivas relações de gênero. Os dados foram as respostas sobre as atividades típicas de um dia de trabalho de 133 enfermeiras assistenciais e as falas transcritas de uma oficina de trabalho realizada com seis enfermeiras, selecionadas entre as enfermeiras assistenciais. Na análise temática, emergiram dois temas: apreendendo o trabalho da enfermagem na atenção básica (com as categorias, a dimensão do cuidado e entendendo o processo de trabalho) e entendendo a enfermagem como um trabalhofeminino (com as categorias, a enfermagem como trabalho feminino e as relações de gênero). Os resultados e discussão indicaram o trabalho das enfermeiras na atenção básica como: - cuidador, pelo cuidado direto e a gerência deste cuidado, realizado com predomínio de atividades assistenciais sobre as gerenciais, com destaque para as atividades assistenciais individuais, indicando mudança do enfoque no trabalho das ) enfermeiras com a manutenção da finalidade do trabalho - cuidar do corpo biológico doente; - diferente, porém semelhante, pelos modos diversos de organização dos serviços; - complexo, pelo objeto de trabalho, os sujeitos sociais em várias fases do ciclo de vida, e pelo trabalho em si, para o qual as enfermeiras percebem-se despreparadas e vivenciam adoecimentos; - específico, pelo uso amplo de tecnologias leves, que potencializam as relações singulares de cuidar, e pelo saber generalista, necessário para exercer esse trabalho; - feminino, pelas marcas femininas do trabalho das enfermeiras, pela subjetividade do trabalho como um saber e um fazer em relações, com afetividade e emoção, e pelas formas de dominação e resistência às relações desiguais de gênero. Consideramos que o trabalho das enfermeiras na atenção básica é rico, diverso, complexo e marcado pelo feminino, permeado por relações sociais, afetivas e subjetivas. Assim, estratégias que dêem visibilidade e potencializem o trabalho feminino da enfermagem devem ser estimuladas,possibilitando novas construções sociais e políticas, visando a um projeto mais específico para a enfermagem brasileira
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.03.2008
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARQUES, Dalvani; CIOSAK, Suely Itsuko. O gênero e o trabalho da enfermagem na atenção básica: percepções das enfermeiras. 2008.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-16042008-142210/ >.
    • APA

      Marques, D., & Ciosak, S. I. (2008). O gênero e o trabalho da enfermagem na atenção básica: percepções das enfermeiras. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-16042008-142210/
    • NLM

      Marques D, Ciosak SI. O gênero e o trabalho da enfermagem na atenção básica: percepções das enfermeiras [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-16042008-142210/
    • Vancouver

      Marques D, Ciosak SI. O gênero e o trabalho da enfermagem na atenção básica: percepções das enfermeiras [Internet]. 2008 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7136/tde-16042008-142210/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020