Exportar registro bibliográfico

Produção de tomate em função da idade da muda e volume do recipiente (2007)

  • Authors:
  • Autor USP: OVIEDO, VICTORIA ROSSMARY SANTACRUZ - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LEF
  • Subjects: CULTIVO EM BANDEJA; MUDAS; TOMATE
  • Language: Português
  • Abstract: Com o objetivo de avaliar as mudas e a produção de tomate (Lycopersicon esculentum Mill), tipo italiano 'Netuno', no campo desenvolvidas em diferentes tipos de volume de recipiente com a combinação de varias idades de transplante foi conduzido este experimento no Departamento de Produção Vegetal da Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, no município de Piracicaba - Estado de São Paulo, entre abril a agosto de 2005. Foram utilizadas bandejas de 72, 128, 288 e 450 células, com volumes celulares de 121,2; 34,6; 12,0 e 14,0 cm3 respectivamente. As idades de avaliação foram aos 19, 24, 29 e 34 dias após a semeadura. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, no esquema fatorial de 4 x 4. Um dos fatores foi representado pelas diferentes bandejas, e o segundo fator, pelas diferentes idades de avaliação. Na produção de mudas foram avaliadas, número de folhas, área foliar, altura da muda, massa fresca e seca de parte aérea e raiz e qualidade visual das mudas. Logo após o transplante foram avaliadas características de desenvolvimento vegetativo: área foliar, número de folhas, altura das plantas, diâmetro da haste, massa fresca de folhas e raiz e qualidade visual das plantas. Posteriormente durante a colheita foram avaliadas características de produção; precocidade, massa e número comercial de frutos, massa e número total de frutos. Também foi realizada a seleção dos frutos em pequenos, médios e grandes. Nacomparação entre os tratamentos foram observadas algumas diferenças em algumas características. Os volumes maiores apresentaram melhor qualidade de mudas (121,2 e 34,6 cm³) e os volumes menores apresentaram mudas estioladas, raquíticas, desuniformes. Os volumes maiores apresentaram maior área foliar, massa fresca e seca de raiz. A melhor idade para o transplante foi de 24 e 29 dias para os volumes maiores, ) recomendando-se o volume de célula de 34,6 cm³. Com relação aos resultados de produção de frutos, não houve diferencia entre os tratamentos utilizados, porém, obteve se precocidade na colheita de frutos com volumes maiores. A muda de 24 dias teve o maior número e massa media de frutos por planta nas colheitas precoces. Número comercial e total de frutos foi maior nas idades de 19, 24 e 29 dias. As idades mais precoces e os volumes maiores apresentaram maior número e massa de frutos médios por planta. Não houve diferença para frutos grandes em todos os tratamentos estudados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2007
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTACRUZ OVIEDO, Victoria Rossmary; MINAMI, Keigo. Produção de tomate em função da idade da muda e volume do recipiente. 2007.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2007. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-04042008-142551/ >.
    • APA

      Santacruz Oviedo, V. R., & Minami, K. (2007). Produção de tomate em função da idade da muda e volume do recipiente. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-04042008-142551/
    • NLM

      Santacruz Oviedo VR, Minami K. Produção de tomate em função da idade da muda e volume do recipiente [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-04042008-142551/
    • Vancouver

      Santacruz Oviedo VR, Minami K. Produção de tomate em função da idade da muda e volume do recipiente [Internet]. 2007 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-04042008-142551/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021